Plano Melhorado de Manutenção do ERJ 145 é Aprovado

195

A Embraer anunciou hoje que obteve a aprovação final do Centro Técnico Aeroespacial (CTA), da Federal Aviation Administration (FAA) e da European Aviation Safety Agency (EASA) do novo plano de manutenção melhorado do avião ERJ 145, que engloba o escalonamento do intervalo da inspeção conhecida como Cheque C. CTA, FAA e EASA são as autoridades certificadoras aeronáuticas no Brasil, Estados Unidos e Europa, respectivamente.

O plano de manutenção do ERJ 145 agora aprovado escalona os intervalos de Cheque C de 4.000 para 5.000 horas voadas (ou ciclos de vôo), um significativo aumento de 25% no intervalo de inspeção. O plano de manutenção melhorado do ERJ 145 representará importante economia de custo para todos os operadores desta bem-sucedida aeronave, ao mesmo tempo preservando seus elevados índices de segurança e confiabilidade.

O escalonamento do intervalo de Cheque C é parte de uma ampla e constante busca da Embraer para elevar o padrão de manutenção de suas aeronaves, oferecendo aos operadores as melhores soluções possíveis na área de manutenção. Ações recentes, como melhorias no gravador de dados de vôo e a introdução de “thresholds” (período para as primeiras execuções de tarefas de inspeção estrutural e de corrosão), além do próprio escalonamento do intervalo de Cheque C, contribuíram para a redução de 13% no trabalho de manutenção. Isto representa uma redução significativa no custo de manutenção por hora voada pelo operador, resultando em menores custos para as frotas de nossos clientes.

A Embraer entregou mais de 800 aviões ERJ 145 desde 1996, quando o cliente lançador Continental Express dos Estados Unidos recebeu sua primeira aeronave. Em 30 de junho de 2004, a família ERJ 145 contava com 920 pedidos firmes e 446 opções.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade