Presidente da Azul participa de abertura do IOSA Awareness Workshop

186

O evento, aberto a todas as companhias aéreas, interessadas em obter a certificação IOSA (IATA Operational Safety Audit), vai se estender por toda a semana.

“A Azul é uma empresa que já nasce IOSA, ou seja, começa a operar já com os parâmetros criados pela IATA para elevar o nível de qualidade em segurança na aviação mundial”, disse Janot. O seminário em São Paulo está sendo conduzido por Peter Bates, piloto australiano, que destacou a vantagem de implantar a cultura IOSA em uma empresa nova, como a Azul, em relação ao esforço necessário para fazê-lo em empresas já atuantes. “Safety não é somente uma questão de processos, mas de atitude que, ao longo da implantação da companhia, afetará a vida das pessoas.”

Durante a abertura do evento, estiveram presentes Filipe Reis, da IATA em São Paulo, e Anna Hayobyan, da IATA em Montreal, no Canadá. Além de representantes da Gol, Trip, OceanAir e da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). O workshop faz parte do plano de ação da entidade para ajudar as empresas aéreas latino-americanas a se prepararem para a auditoria na América Latina.

Da equipe da Azul também participaram o vice-presidente operacional, Cmte Miguel Dau, Cmte Augusto Nunes, gerente de segurança de vôo, Maurício Franklin Pontes, gerente de crises e assistência familiar, o piloto-chefe Cmte Ary Nunes Carneiro Filho, e a analista de aeroporto, Marisa Maldonado da Silva.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade