Qantas recebe primeiro Airbus A380

134

Tom Enders, presidente e CEO da Airbus e John Leahy, chefe de operações para clientes, entregaram a aeronave, acionada por motor Rolls Royce, ao CEO da Qantas, Geoff Dixon e o CEO-nomeado, Alan Joyce.

Geoff Dixon afirmou: “Quando fizemos o pedido das nossas aeronaves A380 em 2000, dissemos que além da oportunidade de reinventar o nosso produto, a nova e revolucionária aeronave oferecia capacidade e economia operacional, além de melhorias em termos de meio-ambiente. Tudo o que vimos desde então reforçou essa idéia.”

A cabine do A380 da Qantas foi criada pelo internacionalmente reconhecido designer Marc Newson. A aeronave A380 geralmente comporta 525 passageiros em três classes, mas a cabine da Qantas é mais espaçosa, com 450 assentos (14 na primeira classe, 72 na executiva, 32 na econômica Premium e 332 na econômica).

“A aeronave A380 estabelece o padrão para o século 21”, afirmou Tom Enders. “Com mais de 380 patentes, a aeronave é líder em termos de eco-eficiência e inovação, o que possibilitará o crescimento contínuo da Qantas e a redução do seu impacto ambiental. Ficamos felizes por termos a companhia aérea símbolo da Austrália compartilhando a visão da A380 conosco desde o começo”.

A Qantas foi a primeira cliente a fechar um contrato de compra de aeronaves A380. Em novembro de 2000, a Qantas encomendou 12 aviões A380, sendo esta a primeira vez que a empresa comprou aeronaves Airbus. Posteriormente, a Qantas aumentou o número de aeronaves A380 encomendadas para 20 e hoje é a segunda maior compradora da aeronave mais moderna do mundo.

Cada motor Rolls Royce Trent 900 gera até 72.000 libras de propulsão, contribuindo para a diminuição do consumo de combustível da aeronave, de forma geral, para menos de 3 litros por passageiro a cada 100 quilômetros.

O chairman da Rolls-Royce, Simon Robertson, afirmou: “Agradecemos mais esta oportunidade de contribuirmos de forma significativa para o futuro sucesso da Qantas, a companhia aérea símbolo da Austrália e uma das líderes mundiais. Essa ocasião representa um marco na história do motor Trent 900 – líder de mercado para a aeronave A380.”

A eficiência da aeronave e as tecnologias de ponta resultam em maior flexibilidade operacional e uma economia surpreendente, com um alcance de mais de 15.000 km e um custo de milhas por assento 20% menor do que o de seu concorrente direto. A aeronave A380 também tem maior capacidade de transporte de passageiros sem necessidade de aumentar o número de vôos.

A aeronave A380 da Qantas fará uma escala em Cingapura antes de chegar a Sydney no dia 21 de setembro. O primeiro vôo comercial da Qantas com a aeronave A380 será realizado em 20 de outubro, partindo de Melbourne para Los Angeles, e em 24 de outubro de Sydney para Los Angeles. Posteriormente a Qantas também operará o vôo de Cingapura para Londres com a aeronave A380. O grupo Qantas, incluindo a sua subsidiária de tarifas populares Jetstar, encomendou recentemente 110 aeronaves da Airbus.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade