Queda de bimotor mata 19 pessoas no Rio de Janeiro

134

Um avião bimotor da empresa Team Linhas Aéreas, modelo LET 410, prefixo PT-FSE, caiu por volta das 19h na serra São João, no limite entre Saquarema e Rio Bonito, no Rio de Janeiro. Segundo comunicado divulgado na madrugada deste sábado pela companhia, nenhuma das 19 pessoas a bordo – 17 passageiros e dois tripulantes – sobreviveu. A situação foi constatada por uma equipe de buscas, que chegou ao local do acidente. A operação de resgate dos corpos começou na manhã deste sábado.

De acordo com o Departamento de Aviação Civil, agricultores que moram próximo ao local, no Bairro Boa Esperança, avistaram a queda do bimotor e informaram ao Corpo de Bombeiros. Segundo as primeiras informações, a aeronave teria batido na Serra de São João, que fica em Rio Bonito.

Equipes do Corpo de Bombeiros de quatro cidades foram deslocadas para o local da queda. Foram mobilizados cerca de 50 oficiais nas tarefas de resgate das vítimas. A Polícia Militar deslocou dezenas de oficiais para estabelecer um cordão de segurança nos pontos de acesso à área onde supostamente caiu o aparelho, para conter a passagem de curiosos.

A aeronave partiu de Macaé às 17h19 e deveria pousar no aeroporto Santos Dumont, às 18h02. A Infraero informou que o avião desapareceu do radar 20 minutos após a decolagem, mas não confirmou a queda da aeronave.

Parentes e amigos das pessoas que estariam no vôo, de número 6865, aguardam maiores informações no Santos Dumont. O painel do aeroporto indica o vôo como atrasado.

A Petrobras informou, em um breve comunicado, que várias pessoas vinculadas à empresa viajavam no avião, embora não tenha informado o número exato ou suas identidades.

O diretor comercial da Team, Mauro de Almeida, confirmou que a aeronave, com autonomia de vôo de duas horas e meia, tinha desaparecido nesta sexta-feira à tarde, enquanto cumpria metade do trajeto estabelecido, sem oferecer maiores detalhes. Em um comunicado posterior, a companhia aérea deu os ocupantes do aparelho como desaparecidos.

A Team realiza vôos regulares de Macaé ao balneário de Búzios, no Rio de Janeiro, a Vitória e a São José dos Campos, na região do Vale do Paraíba, em São Paulo. O LET-410, fabricado pela empresa tcheca Letecke Zavodv, é tido como um avião de última geração.

Cada uma das 1.100 unidades fabricadas custa cerca de US$ 2 milhões, e pelo menos 300 delas operam na América do Sul, na América Central e na região do Caribe. Segundo a Infraero, não há registro de acidentes com o modelo.

FONTE: Terra – Redação – São Paulo/SP