Reforma em Guarulhos deve começar em setembro

199

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) deve começar em setembro as obras de reparo na pista principal do Aeroporto de Guarulhos, informou o ministro da Defesa, Nelson Jobim, em depoimento na CPI da Crise Aérea do Senado.

Segundo o ministro, a reforma será feita em três etapas, para que não seja necessário interditar toda a pista de uma só vez.

Inicialmente, em setembro e outubro, será interditado parcialmente o primeiro trecho, com 1,7 mil metros, para reparo em 1,3 mil metros. A diferença de 400 metros representa o espaço mantido como área de escape. Enquanto esse trecho estiver interditado, o restante da pista será usado normalmente para pouso e decolagem.

Em novembro e dezembro, será feita a segunda fase das obras, com interdição parcial do extremo oposto ao que foi reparado na primeira fase. O trecho tem 1,4 mil metros de extensão, mas apenas mil entrarão em obras e o restante ficará como área de escape.

Finalmente, em janeiro e fevereiro de 2008, a pista será integralmente interditada, para a recuperação da parte central, com 1,4 mil metros. Nessa fase, será necessário remanejar vôos para o Aeroporto de Vira Copos, em Campinas.

Segundo o ministro, Vira Copos também passará por reparos, a fim de receber com segurança os vôos desviados de Guarulhos.

“Paralelamente a essa obras, começaríamos as obras em Vira Copos, para receber progressivamente os vôos que seriam destinados a Guarulhos, de forma tal que [o aeroporto de Campinas] possa estar em condições absolutas de segurança para receber os vôos a partir de janeiro de 2008”.

FONTE: Agência Brasil – Redação – São Paulo/SP