Republic Airways encomenda mais 16 jatos da Embraer

165

A Embraer anunciou hoje que a Republic Airways Holdings acrescentou 16 encomendas firmes e 34 opções de EMBRAER 170 à sua carteira de pedidos. Isto eleva os pedidos em carteira da Republic para 39 encomendas firmes de EMBRAER 170 e 61 opções para aviões do mesmo tipo.

Das 16 novas encomendas, duas já haviam sido computadas no relatório de entregas da Embraer do quarto trimestre de 2004.

O valor de tabela dos 16 pedidos firmes do novo contrato monta a US$ 400 milhões, com potencial de atingir US$ 1.5 bilhão se todas as opções forem convertidas. A Embraer iniciará as entregas desses aviões em junho de 2005. As entregas se estenderão até a metade de 2006.

A Republic usará as novas aeronaves do pedido firme para oferecer serviços à Delta Air Lines por meio da operadora Delta Connection. A Republic já voa o EMBRAER 170 para a United Airlines nas cores da United Express, e recebeu 13 E-jets até o momento.

Por meio de suas subsidiárias, esta empresa é uma das maiores operadoras de aeronaves Embraer, com mais de 110 jatos regionais e E-Jets.

“A Republic Airways Holdings continua a ditar o ritmo na América do Norte em termos do crescimento de linhas aéreas e serviço ao passageiro”, disse Frederico Fleury Curado, Vice-Presidente Executivo para o Mercado de Aviação Civil da Embraer.

“Estamos especialmente orgulhosos e honrados por ver as cores de uma nova empresa – desta vez as da Delta Connection – pintadas no nosso EMBRAER 170.”

“Estamos satisfeitos com o EMBRAER 170 e animados pelo fato deste avião ter conseguido tamanha aceitação entre os passageiros. O EMBRAER 170 está mudando o paradigma dos serviços regionais de aviação. Pela primeira vez, linhas aéreas regionais podem oferecer aos passageiros uma experiência igual ou melhor àquela proporcionada por aeronaves maiores, mas mantendo a economia das empresas regionais”, disse Bryan Bedford, Chairman, Presidente e CEO da Republic Airways Holdings. “Nós operamos em um mercado muito competitivo, e é gratificante ver que, mesmo com o continuado esforço para operar com mais eficiência e economia, o passageiro não foi esquecido.”

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP

Publicidade