Serviço de manutenção da United Airlines ganha prêmio máximo da FAA

339

O programa de treinamento de mecânicos da United Services, a divisão de manutenção de aeronaves da United Airlines, ganhou o prêmio Certificado de Excelência Diamante, concedido pela Diretoria Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA). Trata-se do prêmio mais importante que pode ser concedido pela FAA a um programa deste tipo.

“Nenhuma empresa aérea pode ser considerada grande sem ter um grande sistema de manutenção e mecânicos altamente qualificados”, declarou o diretor da United Airlines no Brasil, Josue Meza. “Este prêmio, concedido por uma das organizações aeronáuticas mais exigentes e conceituadas do mundo, confirma que a United é líder também no que diz respeito à manutenção de seus aviões”.

O vice-presidente sênior encarregado da United Services, Greg Hall, sublinhou, por sua vez, que o treinamento recebido pelos mecânicos da United, tanto os que trabalham nas bases como em linha, nos aeroportos servidos pela empresa, vem sendo fator decisivo para os sucessivos recordes de regularidade e pontualidade que a empresa vem obtendo.

“Este prêmio confirma que os mecânicos da United estão entre os mais bem qualificados da área e que se encontram em posição de prestar o melhor serviço, não só para a empresa como para terceiros que procuram nossos serviços”, afirmou. “Isso se refere aos setores mais competitivos, como turbinas e equipamentos de alta tecnologia, incluindo o aparelhamento eletrônico das aeronaves”.

Para poder concorrer ao prêmio da FAA, pelo menos 25 por cento dos mecânicos de uma organização devem ter passado individualmente por novos cursos de treinamento no prazo de um ano. No caso da United, a proporção foi de 57 por cento, nos dez primeiros meses de 2004. Outra exigência é a de que todos os mecânicos tenham completado pelo menos duas horas de aulas sobre normas e objetivos da FAA.

Os prêmios Certificado de Excelência foram instituídos pela FAA em 1991, com o objetivo de estimular técnicos e empresas a promover continuamente cursos de familiarização e atualização. A filosofia que levou à iniciativa, de acordo com Robert Fleet, da FAA em São Francisco, é a de que um mecânico bem treinado trabalha melhor e com mais facilidade, aumentando, desta maneira, a segurança do transporte aéreo.

FONTE: Aviação Brasil / United Airlines – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP