TAM Airlines ajusta sua estrutura operacional e administrativa

190

A TAM Airlines, com sede em Assunção, Paraguai, passa a integrar o modelo de gestão com base nos três pilares que fundamentam a atuação da companhia: Excelência de Serviços, Excelência Técnico-Operacional e Excelência de Gestão. TAM Airlines é, desde março último, a nova denominação da TAM Mercosur, segundo as diretrizes de reposicionamento da marca que acompanham a expansão do Grupo TAM no mercado internacional.

O modelo de gestão passa a ser integrado em todas as áreas do grupo, alinhando os processos administrativos e operacionais e buscando o aprimoramento contínuo dos serviços de transporte aéreo de passageiros e de cargas.

Com a reestruturação administrativa na empresa paraguaia do grupo, 133 funcionários serão remanejados para o quadro de pessoal da TAM Linhas Aéreas. Cerca de 120 funcionários da TAM Airlines estão sendo desligados. A estes funcionários, em reconhecimento aos serviços prestados, a companhia oferece um conjunto de benefícios superior ao estabelecido pela lei e que inclui a extensão do plano de saúde e da concessão de passagens aéreas. Esses funcionários também receberão apoio no processo de recolocação no mercado de trabalho.

Com o objetivo de otimizar os recursos e melhorar a capacidade operacional da companhia, serão realizadas alterações na malha aérea da TAM Airlines, nas rotas que têm a capital paraguaia como origem ou destino.

“A busca de sinergias está em consonância com a estratégia de expansão da nossa presença no mercado internacional e visa promover a otimização de processos”, afirma o Comandante David Barioni Neto, presidente da TAM Linhas Aéreas, responsável pela direção-executiva da TAM Airlines e presidente do Conselho de Administração da empresa paraguaia.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade