TAM Linhas Aéreas e TAM Mercosur unificam modelo de gestão

196

A TAM Linhas Aéreas e a empresa paraguaia Transportes Aéreos Mercosur S.A. (TAM Airlines) unificaram a gestão, com o objetivo de reforçar a homogeneidade das empresas do Grupo TAM. Com isso, o comandante David Barioni Neto, presidente da TAM Linhas Aéreas, assume a direção-executiva da TAM Airlines, cargo que acumula com o de presidente do Conselho de Administração da empresa paraguaia. Todos os processos da TAM Airlines passam a ser geridos diretamente pelas correspondentes vice-presidências da TAM Linhas Aéreas. Alberto Fajerman, que ocupava a direção executiva da empresa paraguaia, deixa a companhia.

TAM Airlines é, desde março último, a nova denominação da TAM Mercosur, segundo as diretrizes de reposicionamento da marca que acompanham a expansão do grupo no mercado internacional.

A TAM Airlines oferece vôos a partir de Assunção para destinos na Argentina (Buenos Aires), Bolívia (Santa Cruz de La Sierra e Cochabamba), Brasil, Chile (Santiago), Paraguai (Ciudad del Este) e Uruguai (Montevidéu e Punta del Este). Também faz a ligação de Córdoba (Argentina) ao Brasil por meio de Ciudad del Este. Opera vôos diretos ao Rio de Janeiro e São Paulo, a partir de Buenos Aires e Assunção, permitindo que os passageiros façam conexões para diversas localidades na América do Sul, Europa e Estados Unidos, aproveitando a extensa malha aérea da TAM no Brasil e para o exterior, além do code-share (compartilhamento de assentos) com empresas internacionais. Desde setembro de 2003, o Grupo TAM passou a ter 94,98% das ações da TAM Airlines. Os 5,02% restantes estão em poder do governo paraguaio.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP