TAM adere à declaração “Responsabilidade Social das Empresas e os Direitos Humanos”

184

A TAM formalizou sua adesão à declaração “Responsabilidade Social das Empresas e os Direitos Humanos”, apresentada no evento promovido pelo Instituto Ethos e pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, no último dia 24 de junho, em comemoração aos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU). Com a adesão, a TAM passou a ser a única companhia aérea entre as primeiras 84 empresas signatárias desta declaração.

Ao formalizar sua adesão, a empresa declara seu compromisso com a implementação de planos de ação que levem à melhoria progressiva dos indicadores de responsabilidade social que refletem as políticas de direitos humanos, tais como: promoção da igualdade racial e de gênero no local de trabalho, erradicação do trabalho escravo, inclusão de pessoas com deficiência e apoio para a promoção dos direitos da criança, do adolescente e do jovem.

O presidente da TAM, comandante David Barioni Neto, firmou a adesão da companhia, assumindo publicamente o compromisso de promover os princípios defendidos nesta declaração, lançada oficialmente em evento que reuniu 253 empresários e 150 representantes de órgãos públicos e organizações não-governamentais, além do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do governador de São Paulo, José Serra, e do prefeito da capital, Gilberto Kassab. “A adesão da TAM reforça nossa política de Sustentabilidade e nosso empenho em contribuir para o desenvolvimento social do País”, afirma Barioni.

Além de ser signatária da declaração “Responsabilidade Social das Empresas e os Direitos Humanos”, a TAM é também a primeira companhia aérea da América do Sul a integrar a lista de empresas signatárias do Pacto Global (http://www.unglobalcompact.org), uma iniciativa mundial desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU).

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP