TAM contrata sistema para comunicação móvel a bordo das aeronaves

153

Uma parceria pioneira firmada com a empresa vai permitir que os passageiros da TAM usem seus aparelhos celulares e smartphones durante os vôos – para voz, mensagens SMS ou e-mails – nas rotas da América do Sul.

A expectativa é que o sistema comece a funcionar no segundo semestre de 2009. O início das operações depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), bem como da adaptação da legislação que autoriza uso de celulares somente com a aeronave em solo e de portas abertas.

O anúncio do acordo aconteceu nesta quarta-feira em Long Beach, Califórnia (EUA), na feira da WAEA (World Airline Entertainment Association), o maior evento mundial dedicado ao entretenimento de bordo. O sistema foi certificado pela European Aviation Safety Agency (Easa), e sua utilização foi regulamentada recentemente pela União Européia. O mecanismo garante total segurança aos passageiros, pois impede que o sinal dos aparelhos cause interferência nos comandos da aeronave. Além disso, em caso de necessidade, pode ser desligado a qualquer momento. A companhia escolheu o sistema da OnAir depois de dois anos de avaliação das soluções de conectividade existentes no mercado.

“A oferta dessa avançada tecnologia aos nossos clientes confirma nossa liderança do mercado aéreo no Brasil e é mais um exemplo de nossa busca constante da Excelência em Serviços, um dos pilares de nossa atuação”, afirma o presidente da TAM, comandante David Barioni Neto. “Nossos passageiros, principalmente os que viajam a negócios, poderão ficar em contato com seus escritórios e clientes, ganhando em eficiência e produtividade.”

O presidente da OnAir, Benoit Debains, destacou o pioneirismo da TAM na adoção do sistema de comunicação a bordo. “Estamos muito felizes pelo fato de que a TAM, uma das líderes em inovação nos serviços oferecidos a passageiros e a maior companhia aérea da América do Sul, tenha escolhido a OnAir para implementar mais esse benefício aos seus passageiros”, diz.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP