TAM é autorizada a voar para Caracas

236

A TAM recebeu autorização oficial da Superintendência de Relações Internacionais da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para iniciar a operação regular de uma freqüência diária para Caracas, na Venezuela. Este vôo partirá do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e realizará escala em Manaus (AM). Com isso, a empresa também mantém sua estratégia de descentralizar o tráfego aéreo, priorizando outros hubs e beneficiando principalmente passageiros do Norte e Nordeste que não precisarão se deslocar até aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro para prosseguir a destinos internacionais.

A Companhia implementará o vôo para Caracas dentro do prazo de seis meses. Todas as providências necessárias para a operação desta freqüência já estão sendo tomadas pela TAM. A data de início e os horários deste vôo serão anunciados oportunamente.

A empresa já opera duas freqüências por dia para Santiago, no Chile, e faz 56 vôos por semana para Buenos Aires, na Argentina. Com a TAM Mercosur, serve também Assunção e Ciudad del Este (Paraguai), Córdoba (Argentina), Montevidéu (Uruguai), Santa Cruz de la Sierra e Cochabamba (Bolívia). A companhia oferece ainda uma freqüência diária para Lima, no Peru, operada em code-share com a Taca.

No mercado internacional, a TAM vai a Paris (três vôos por dia, um deles partindo do Rio de Janeiro), Londres e Milão (freqüências diárias). A Companhia opera ainda cinco vôos diários para os Estados Unidos – dois para Nova York e três para Miami, sendo que um destes sai de Fortaleza, com escala em Belém e Manaus.

A estratégia da TAM para o segmento internacional é a de crescer seletivamente em mercados rentáveis. A Companhia fechou o último mês de março com 62,86% de participação entre as empresas brasileiras que operam no mercado internacional, de acordo com as estatísticas oficiais da ANAC.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP