TAM encerra ano de 2009 na liderança dos voos domésticos e internacionais

158

A companhia manteve também a sua ampla liderança no segmento de linhas internacionais operadas por empresas aéreas brasileiras, fechando o ano de 2009 com market share de 84,5% no mês passado e de 86,5% no acumulado de janeiro a dezembro.

A TAM obteve crescimento de 20,7% na demanda do mercado doméstico em dezembro medida em RPKs (conceito que expressa a quantidade de quilômetros voados multiplicada pelo total de passageiros pagantes transportados), em relação ao mesmo mês de 2008, enquanto a oferta de assentos aumentou 14,6%. A taxa de ocupação (load factor) de suas aeronaves nos voos domésticos em dezembro foi de 69,6%, 3,5 pontos percentuais superior à do mesmo período de 2008.

Na comparação anual, a companhia alcançou crescimento de 6,5% na demanda doméstica em 2009, apesar do impacto negativo da crise econômica internacional nas viagens de negócios, que representam 75% dos passageiros da companhia. No mesmo período, a oferta de assentos aumentou 10,4%. O efeito da crise refletiu-se na taxa de ocupação dos voos, que recuou 2,4 pontos percentuais, de 68,2% em 2008 para 65,8% em 2009.

Nas operações internacionais, a demanda em RPKs da TAM cresceu 12% em dezembro passado em relação ao mesmo mês de 2008, enquanto a oferta de assentos aumentou 6%. No acumulado de 2009 a demanda cresceu 14,2% e a oferta, 19%, na comparação com 2008. O load factor alcançou a marca de 75,5% em dezembro último, superando em 4,1 pontos percentuais a ocupação do mesmo mês do ano anterior. No acumulado de janeiro a dezembro, a taxa de ocupação recuou 3 pontos percentuais na comparação com 2008, sob o efeito da crise mundial.

FONTE: Aviação Brasil – Redação – São Paulo/SP