TAM inicia vôos para Italia e recebe novo Airbus A320

384

A TAM inicia hoje seu terceiro novo vôo internacional direto para a Europa que decolará diariamente de Guarulhos, em São Paulo, às 19h e pousará no Terminal 1 de Malpensa, o principal aeroporto de Milão, na Itália, às 11h40 (horário local). De lá, retornará às 13h30 (horário local), pousando em São Paulo às 20h25.

A viagem para a Itália será realizada a bordo do terceiro MD-11 entregue pela Boeing e incorporado ontem (29) à frota operacional da TAM, com capacidade para transportar até 279 passageiros, acomodados em três classes de serviço (Primeira Classe, Executiva e Econômica).

Um dos diferenciais deste vôo oferecido pela TAM é o serviço de entretenimento de bordo para a Primeira Classe e Executiva. Toda a programação de vídeo, áudio e jogos está disponível em pequenos aparelhos portáteis conhecidos como PEA (Personal Entertainment Appliance). A programação inclui 10 filmes, 3 canais de variedades, 9 jogos, 100 álbuns de música e vídeo clipes.

Acordos firmados com companhias aéreas internacionais permitem à TAM oferecer a seus passageiros conexões a partir do aeroporto de Milão para dezenas de outros destinos na própria Itália e outros países da Europa, Oriente Médio, África e Ásia. Desse modo, com o mesmo bilhete o passageiro poderá voar em aeronave da TAM até Milão e, de lá, seguir para cidades italianas como Roma, Florença, Gênova, Nápoles, Bologna, Veneza, entre outras, em vôos de companhias parceiras.

Exemplos de outros destinos atendidos pela TAM com esses acordos na Europa: Atenas (Grécia), Barcelona e Madri (Espanha), Belgrado (Sérvia e Montenegro), Bruxelas (Bélgica), Bucareste (Romênia), Budapeste (Hungria), Copenhague (Dinamarca), Düsseldorf, Frankfurt, Munique e Stuttgart (Alemanha), Genebra (Suíça), Istambul (Turquia), Moscou e São Petersburgo (Rússia), Praga (República Tcheca) e Viena (Áustria). No Oriente Médio, África e Ásia: Beirute (Líbano), Cairo (Egito), Tel Aviv (Israel), Doha (Qatar), Dubai (Emirados Árabes Unidos), Bahrein (Bahrein), Jeddah (Arábia Saudita), Colombo (Sri Lanka), Delhi (Índia), Bangcoc (Tailândia), Kuala Lumpur (Malásia), Cingapura (Cingapura), Manila (Filipinas), Hong Kong (China), Tóquio e Osaka (Japão) e Seul (Coréia do Sul).

Os passageiros da Primeira Classe e da Executiva terão acesso à Sala Vip Pergolesi TAM localizada no Terminal 1 do aeroporto de Malpensa, com os seguintes serviços à sua disposição: open bar, buffet, sala de tv, business center, acesso à internet, máquina copiadora, fax, telefone, jornais e revistas, além de sala para descanso e disponibilidade de cadeira de rodas. A companhia oferece ainda a esses passageiros transfer cortesia em carro privativo e aparelho celular grátis, no qual o cliente paga somente pelas ligações feitas. Além disso, uma estação de linha expressa de trem localizada dentro do aeroporto de Malpensa, com partidas a cada 30 minutos, faz a conexão com linhas do metrô no centro da cidade de Milão.

Milão será o terceiro destino da TAM na Europa. A empresa já vai a Paris (três vôos por dia, um deles partindo do Rio de Janeiro) e Londres (freqüência diária). Este novo vôo foi obtido pela companhia a partir do aumento de freqüências dentro do acordo bilateral autorizado em novembro pelos governos da Itália e do Brasil.

A estratégia da TAM para o segmento internacional é a de crescer seletivamente em mercados rentáveis. A Companhia fechou o último mês de fevereiro com 61% de participação entre as empresas brasileiras que operam no mercado internacional, de acordo com as estatísticas oficiais da ANAC. Com mais esse novo destino, a TAM reforça sua malha internacional e estabelece mais uma porta de entrada para a Europa. A expectativa é de que a Itália atraia tanto o tráfego ‘business’ quanto o de lazer.

No mercado internacional, a TAM opera ainda cinco vôos diários para os Estados Unidos – dois para Nova York e três para Miami, sendo que destes um sai de Fortaleza, com escala em Belém e Manaus. Uma vez por semana, o vôo a Miami que sai de Guarulhos, em São Paulo, passa por Salvador. Na América do Sul, opera duas freqüências por dia para Santiago, no Chile, e faz 56 vôos por semana para Buenos Aires, Argentina. Com a TAM Mercosur, serve também Assunção e Ciudad del Este (Paraguai), Córdoba (Argentina), Montevidéu e Punta del Este (Uruguai), Santa Cruz de la Sierra e Cochabamba (Bolívia). A companhia oferece ainda uma freqüência diária para Lima, no Peru, operada em code-share com a Taca.

A empresa também recebeu hoje um novo Airbus A320 que já foi incorporado à sua frota operacional. Esta é a nona aeronave recebida pela TAM neste ano – seis aviões da família A320/319 e três MD-11, sendo que um destes foi incorporado ontem (29) e irá realizar o vôo diário para Milão, Itália, a partir de hoje. Com estas duas novas incorporações, a Companhia passa a ter 102 aviões em sua frota, sendo 80 modelos da Airbus – 15 A319, 55 A320 e 10 A330. Além desses, opera também 19 F-100. A companhia planeja encerrar 2007 com 109 aviões em operação.

O planejamento de frota da companhia prevê a incorporação de um total de 29 aeronaves ao longo deste ano (nove já efetivados). Uma parcela desses novos aviões irá substituir na malha doméstica 13 F-100 que serão devolvidos até o final de 2007. Desse modo, o aumento na oferta de assentos será superior ao crescimento do número de aeronaves, na medida em que as novas aeronaves A320 e A319 têm capacidade para transportar 174 e 144 passageiros, respectivamente, enquanto o F-100 possui 108 assentos. A estimativa da empresa para 2007 é a de aumentar sua oferta (ASKs) em 30% no mercado doméstico e entre 60% e 70% no internacional.

A chegada do novo Airbus A320 também reforça a política da TAM de operar frota com baixa idade média, assegurando maior conforto aos passageiros. A TAM mantém a frota mais jovem de aviões no País, com 7,1 anos enquanto a média do setor é de 11,2 anos, segundo levantamento feito por publicação especializada do setor.

As aeronaves MD-11 – com capacidade para transportar 279 passageiros e configuradas em três classes de serviços (Primeira Classe, Executiva e Econômica) – estão sendo utilizadas temporariamente pela TAM em seus vôos internacionais de longo curso até a chegada de quatro novos Boeing 777-ERs e mais quatro opções contratados com o fabricante norte-americano, com entregas programadas para o ano que vem.

A TAM possui ainda contratos assinados junto à Airbus que prevêem a incorporação de mais 56 aeronaves com entregas programadas até 2010. Os contratos contemplam também 20 opções para aviões da família A320 que poderão ser exercidas pela empresa, de acordo com o crescimento do mercado. O planejamento estratégico da TAM prevê uma frota em operação de 132 aeronaves em 2010.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP