TAM participa de projeto para implementar Conhecimento de Transporte Eletrônico

134

A TAM Linhas Aéreas, por meio da sua divisão de cargas TAM Cargo, faz parte da parceria entre Receita Federal, um grupo de mais de dez empresas de diferentes segmentos do setor de transportes e Secretarias de Fazenda estaduais que desenvolve o projeto de implantação do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) no Brasil.

O projeto prevê a implementação, esperada para este ano, de um único formato do Conhecimento de Transporte – documento padrão que todo transportador de cargas deve emitir antes de iniciar seu percurso – que viabilizará a substituição dos atuais formulários de papel por um documento eletrônico que poderá ser utilizado por todas as categorias de transporte.

O CT-e trará maior agilidade e eficiência para as operações da TAM, uma vez que alguns procedimentos relacionados à execução do transporte, hoje manuais, serão automatizados.

Atualmente, ao serem desembarcadas das aeronaves, as cargas passam por um processo de verificação fiscal em alguns Estados e não podem ser entregues ao destinatário até que seja cumprida, manualmente, uma série de procedimentos. A informatização do processo irá reduzir o tempo de parada da encomenda nos postos fiscais, tornar o cumprimento das obrigações legais mais rápido e eficaz, e simplificar a emissão do Conhecimento – hoje, devem ser preenchidas de quatro a sete vias.

Além desses benefícios, o CT-e também proporcionará uma redução significativa da utilização de papel. A TAM Cargo emite atualmente cerca de 200 mil conhecimentos por mês, o que corresponde a uma emissão anual de 2,4 milhões de documentos. Com o sistema digital em operação, a empresa estima economizar cerca de cinco toneladas de papel por ano.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP