TAM reformula atendimento para passageiros e agências de viagens em suas bases

362

Em continuidade às ações adotadas para obter maior eficiência e sinergia entre as áreas e também prosseguir com as medidas para permanentemente reduzir e racionalizar custos, a TAM está reformulando o atendimento aos passageiros e às agências de viagens em suas bases distribuídas pelo Brasil – tanto para as localidades onde opera vôos diretos quanto para as cidades onde atua com as chamadas “bases off-line”.

A partir de agora, os passageiros – com exceção de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília – passarão a ser atendidos exclusivamente nas lojas TAM Viagens já instaladas, para compra e emissão de passagens domésticas e internacionais, remarcação de bilhetes, reembolsos, Programa Fidelidade, suporte, entre outros, além dos serviços da própria operadora da empresa, que comercializa pacotes turísticos. Todas as lojas TAM Viagens tiveram reforço de pessoal a partir da contratação dos funcionários terceirizados das bases.

No caso dos agentes de viagem, escritórios comerciais prestarão todo o atendimento em cada uma das cidades. Além da atual estrutura, formada pelas diretorias de Vendas, Aeroportos, Cargas e TAM Viagens, essas bases terão o apoio de superintendências regionais.

Conheça os superintendentes de cada região:

Antonio Humberto Alves – Vitória, Rio de Janeiro e Niterói (off-line)

Alcimar Ribeiro – Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Belo Horizonte

João Francisco Amaro Filho – São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Campinas, Uberlândia (MG), Rio Branco, Porto Velho, Ji-Paraná, além das bases off-line do interior e litoral de São Paulo (Bauru, Marília, São José dos Campos, Jundiaí, Sorocaba e Santos)

Marco Antonio Silva – Porto Alegre, Caxias do Sul, Florianópolis, Joinville, Navegantes, Manaus, Boa Vista e Blumenau

Antonio Germano – Cuiabá e Brasília

Flavio Anselmo – Natal, Fortaleza, João Pessoa, Teresina, Imperatriz e São Luiz

Cícero Blota – Goiânia, Campo Grande, Corumbá, Palmas, Belém, Marabá, Santarém, Macapá

Davidson Botelho – Salvador, Porto Seguro, Ilhéus, Aracaju, Recife e Maceió

A TAM Express manterá as atuais estruturas próprias para captação de cargas em todas as bases da empresa, com exceção de Niterói (RJ), Bauru e Marília (SP), que passam a ser atendidas pela cidade mais próxima.

Com essas alterações, a TAM conclui o processo de incorporação dos cerca de 5 mil funcionários que trabalhavam em empresas prestadores de serviços em 54 bases distribuídas pelo Brasil. A reformulação abrangeu as equipes de aeroporto, rampa (que faz o atendimento de pistas na área de bagagens e carga), lojas e contatos comerciais de passagens e carga. O objetivo é o de assegurar maior harmonia entre as atividades da empresa e ganhos nos níveis de governança corporativa já que todos os funcionários estão sob uma única política de gestão de pessoas.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade