TAP-Air Portugal pode ficar com parte da Varig, segundo jornal português

139

A TAP-Air Portugal está avaliando um plano para assumir até 20% de participação na Varig ao longo dos próximos três anos, informou neste sábado o diário português Expresso.

A TAP também estaria interessada em um acordo administrativo com a Varig, acrescentou o jornal.

“Em três anos, seria interessante se a TAP fosse autorizada a assumir até 20 por cento do capital da Varig”, disse um funcionário da companhia aérea portuguesa, segundo o Expresso.

No Brasil, a Varig informou que desconhece a informação.

“A notícia não procede… A empresa não tem informação sobre isso”, afirmou a assessoria de imprensa da Varig, citando como fonte da declaração o vice-presidente de planejamento, Alberto Fajerman.

Um diretor do BNDES, que detém parte das ações da Varig, declarou que também “não estava ciente de quaisquer negociações para vender para a TAP uma parcela da Varig”.

Segundo o Expresso, a TAP tem estudado um plano para estreitar suas relações com a Varig há seis meses. A companhia portuguesa tem um acordo com a Varig para manter suas aeronaves, e o diretor-executivo da TAP, Fernando Pinto, ocupou o mesmo cargo na empresa brasileira.

A TAP, a South African Airways e a finlandesa Bluel aderiram à rede Star Alliance, da qual a Varig é membro, no sábado.

Um porta-voz da TAP não estava imediatamente disponível para comentar o assunto. Os vínculos com a Varig fariam parte dos esforços de expansão da TAP em países de língua portuguesa, incluindo nações africanas.

A TAP assinou um acordo com Moçambique para operar vôos domésticos e planeja transferir sua base da África do Sul para Angola, informa o Expresso.

FONTE: Reuters Investor – Reuters Investor – São Paulo/SP