TAP elogia processo de privatização adotado pela Iberia

167

O presidente da companhia de Transportes Aéreos de Portugal (TAP), Antonio Cardoso e Cunha, elogiou o modelo de privatização adotado pela espanhola Iberia, em uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo ‘Diário Econômico’.

Cardoso e Cunha disse ver com interesse “e até com uma certa inveja o que aconteceu aqui do lado (em referência à Espanha) com a Iberia”, já que, segundo ele, “o modelo que funcionou ali pode funcionar aqui se conseguirmos que os resultados econômicos se aproximem aos da média do setor”.

O diretor da maior companhia aérea portuguesa anunciou que a privatização da companhia estatal poderia acontecer entre os anos 2006 e 2007, embora tenha adiantado que o processo começará, provavelmente, em 2005.

Além disso, destacou a intenção de afiançar a colaboração com as também portuguesas Companhia Regional Açores SATA e a companhia aérea Portugalia (PGA).

Cardoso e Cunha ressaltou também que sua empresa procura fazer uma aliança internacional que poderia acontecer no primeiro semestre de 2004, embora não tenha revelado os nomes de possíveis sócios.

O diretor explicou que a implementação de uma aliança estratégica é a única maneira de crescer sem ter que fazer novos investimentos e definiu as rotas que unem Portugal à América do Sul e à África como as apostas prioritárias da TAP.

FONTE: Agência EFE – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS