UPS aumenta frota com veículos elétricos híbridos

201

A UPS anunciou esta semana a encomenda de 50 caminhões de entrega elétricos híbridos da nova geração, e o plano de adquirir 4.100 veículos convencionais de baixa emissão em 2006.

Os veículos elétricos híbridos (VEH) estão sendo comprados em dois tamanhos da International Truck and Engine and Freightliner LLC. Os caminhões apresentarão baterias de íon de lítio que podem ser recarregadas mais rapidamente e que duram mais que as pilhas utilizadas nas gerações anteriores do VEH. Externamente, os caminhões serão idênticos aos veículos marrons que formam a atual frota da UPS.

O primeiro dos 50 HEVs será montado no mês de junho em Dallas, e se juntará aos mais de 10.000 veículos de baixa emissão e de combustíveis alternativos já em uso. A frota de combustível alternativo da UPS – hoje composta de 1.500 unidades, sendo a maior dos Estados Unidos – inclui atualmente caminhões movidos a gás natural, gás natural liquefeito, propano, eletricidade e hidrogênio.

“Temos orgulho em estar entre os primeiros a implementar a mais nova tecnologia em VEH porque ela promete 35% a mais de economia de combustível, além de uma imensa redução nas emissões dos veículos”, declarou o gerente ambiental de frota da UPS, Robert Hall.

Juntos, os 50 caminhões de entrega do tipo VEH devem reduzir o consumo de combustível em aproximadamente 166.500 litros no curso de um ano, em comparação a caminhões movidos a diesel. Os híbridos também deverão baixar em 457 toneladas métricas a quantidade de gases CO2 emitidos na atmosfera em um ano. Os 4.100 veículos de baixa emissão oferecem 15% de economia de combustível em relação aos veículos que estão sendo aposentados. Eles economizarão aproximadamente 5,6 milhões de litros de combustível em um ano, emitindo 16.000 toneladas a menos de CO2.

A UPS foi a primeira companhia de entregas expressas a introduzir os VEH nas operações diárias, com um programa de pesquisas lançado no início de 1998. Enquanto continuava a desenvolver a sua frota de combustível alternativo, a UPS já havia investido mais de US$ 15 milhões na iniciativa – a companhia já comprou e está operando mais de 8.800 veículos convencionais de baixa emissão. Esses veículos utilizam motores a gás e diesel, mas emprega as mais recentes tecnologias e técnicas de fabricação para reduzir as emissões o máximo possível.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade