UPS faz acordo com a DHL nos Estados Unidos

199

A UPS anunciou que trabalhará em conjunto com a DHL Express nos Estados Unidos baseada em um acordo deferido para fornecer transporte em sua rede aérea para todas a DHL Express, e volume de pacotes internacionais dentro dos Estados Unidos. A UPS também irá fornecer transporte aéreo para remessas da DHL entre os Estados Unidos, Canadá e México.

Um contrato final está previsto até o final do ano. O acordo, quando finalizado, poderá ser estendido para 10 anos e produzir mais de U$1 bilhão em renda anual adicional para a UPS. A companhia informa que poderá começar a colocar gradualmente uma quantia limitada de volume em 2008 com ampliação para 2009.

“Acreditamos que este acordo com a DHL representará um uso prudente de nossos ativos e capacidade de nossa rede ao criarmos uma linha de faturamento lucrativa para a nossa companhia,” disse David Abney, Chefe Operacional da UPS. “Planejamos seguir rapidamente para o contrato final”.

O acordo não envolverá os serviços de retirada e entrega de pacotes da DHL para seus clientes, apenas o transporte das cargas, inicialmente entre aeroportos, na América do Norte. Assim, o serviço será similar ao que a UPS presta atualmente para o U.S. Postal Service, os correios norte-americanos.

A UPS está apta a administrar a maior parte do novo volume previsto em sua malha aérea existente, e a capacidade será ampliada — a partir de 2009 já com a implementação total concluída. A capacidade adicional necessária será determinada naquele momento; contudo, a UPS está programada para receber a entrega de sete novas aeronaves em 2008 e outras cinco em 2009. A companhia também está bem adiantada em uma expansão de US$ 1 bilhão de seu centro aéreo de operações UPS Worldport® em Louisville, no estado norte-americano de Kentucky.

O acordo com a UPS é parte de uma reestruturação maior das operações norte-americanas da Deutsche Post World Net, anunciada hoje pela empresa em uma coletiva de imprensa em Bonn, na Alemanha.

“Nós queremos enfatizar que esse negócio será um acordo estritamente de transporte aéreo, e que a UPS e a DHL continuarão a competir no mercado com suas próprias marcas”, acrescentou Abney. “A UPS leva aos clientes seu próprio e único conceito de serviços. Ao fornecer esses serviços à DHL, a UPS não estará diminuindo sua competitividade ou a sua habilidade de se diferenciar para os clientes”.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade