Um Airbus A340 leva para testes a turbina do A380

386

A primeira turbina destinada a equipar o capitânia do século 21, o Airbus A380, (uma Royce Trent 900) voou hoje com sucesso a bordo de um A340 de ensaios.
O vôo durou 3 horas e 40 minutos e iniciou um programa de 50 a 60 horas em 30 vôos ao longo de 4 meses. Estavam a bordo os pilotos de testes Peter Chandler e Wolfgang Absmever, acompanhados do diretor de vôos de testes Fernando Alonso e dos engenheiros Jacky Joie e Gerard Desbois.
Os vôos de ensaios, que se seguem a testes no solo feitos pela Rolls-Royce, fornecerão os dados iniciais de comportamento no ar, preparando o caminho para aqueles a serem feitos pelo Airbus A380 a partir do próximo ano. Os resultados vão ajudar a assegurar uma entrada em serviço suave e confiável no primeiro semestre de 2006.
A Trent 900, com um empuxo de 70.000 libras, tem mais do dobro da potência das CFM 56C4 que equipam normalmente o A340-300. Ela foi a turbina maior a voar num avião da Airbus. Durante os testes, a Trent 900 substitui a turbina esquerda interna do A340.
Além de explorar o comportamento da turbina, os testes em vôo investigarão alguns dos sistemas movidos pelas mesmas no Airbus A380. Entre esses estão incluídos as bombas hidráulicas de 5000 libras de pressão e os geradores de freqüência variável.
O Airbus A380 oferece uma escolha de turbinas: a Rolls-Royce Trent 900 ou a Engine Alliance GP 7200. A Trent 900 será a primeira a voar nos testes do A380 e equipará as versões iniciais desse avião. Os testes em vôo da GP 7200 começarão num avião de ensaios da General Electric no segundo semestre desse ano.
O A380 já tem 129 encomendas firmes de 11 importantes empresas aéreas (Air France, Emirates, Federal Express, ILFC, Korean Air, Lufthansa, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airways, Singapore Airlines e Virgin Atlantic), e é o programa mais bem sucedido da Airbus até hoje.
A Airbus projeta, constrói e apóia a família de aviões mais completa e moderna existente, com diferentes tamanhos e alcances, atendendo às necessidades de mercado acima de 100 lugares. Ela reúne 50.000 funcionários principalmente na França, Alemanha, Reino Unido e Espanha.

FONTE: Airbus – Assessoria de Imprensa – Rio de Janeiro/RJ