United amplia vôos entre a China e os Estados Unidos

127

A United Airlines e a empresa aérea chinesa Shanghai Airlines assinaram um acordo de code-share que permitirá às duas empresas ampliar as ligações entre a China e os Estados Unidos. O acordo, que ainda depende da aprovação formal do governo dos Estados Unidos, deverá entrar em vigor no dia 15 de maio. Ele cobre 11 rotas e permite que os passageiros das duas empresas acumulem e usem milhas de seus planos de milhagem e o uso comum de salas vip nos aeroportos.

Estão incluídos no acordo os serviços da United Airlines entre Chicago e Xangai e São Francisco e Xangai – os vôos de Chicago oferecem conexões com as rotas da United procedentes do Brasil. Outras linhas da United incluídas no acordo são São Francisco-Los Angeles, São Francisco-Newark, São Francisco-Nova York (aeroporto Kennedy), Chicago-Newark e Chicago-Nova York (aeroporto La Guardia). As linhas da Shanghai Airlines que fazem parte do acordo são Xangai-Shenyang, Xangai-Chengdu, Xangai-Dalian e Xangai-Qingdai.

Comentando o acordo, o presidente do conselho da Shanghai Airlines, Zhou Shi, declarou: “Há mais de dez anos a Shanghai Airlines e a United Airlines cooperam em diversas áreas. A Shanghai Airlines recebeu o direito de operar vôos entre a China e os Estados Unidos no fim de 2005, como resultado da liberalização do mercado aéreo chinês. O acordo de code-share entre a Shanghai Airlines e a United Airlines permitirá aos passageiros que viajam entre a China e os Estados Unidos maiores opções de rotas, mais facilidade nas conexões e um serviço melhor”.

O presidente e executivo-chefe (CEO) da United Airlines, Glenn Tilton, afirmou: “Este acordo assinado entre a Shanghai Airlines e a United Airlines é uma demonstração de nosso forte compromisso de servir bem o passageiro dos dois lados do oceano Pacífico. Temos grande satisfação com esta aproximação com nossos parceiros da Shanghai Airlines e com a oportunidade de, a partir de Xangai, servir outras importantes cidades chinesas”.

A Shanghai Airlines foi fundada em 1985 e foi a primeira empresa de aviação comercial de investimentos múltiplos da China. Com uma frota de 43 aviões, serve mais de 150 rotas e atinge mais de 60 cidades na China e no exterior. A empresa iniciou recentemente vôos de Xangai para Hong Kong e Macau. Além de vôos domésticos na China, tem linhas de passageiros e carga de Xangai para Alemanha, Japão, Coréia do Sul, Tailândia, Vietnã, Camboja e Rússia.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade