United reduz prejuízo operacional em abril

124

A UAL Corporation, empresa holding da United Airlines, anunciou que teve um prejuízo operacional de US$ 47 milhões no mês de abril de 2005. O prejuízo de abril deste ano é inferior em US$ 28 milhões ao verificado em abril de 2004, apesar das despesas com combustíveis terem registrado um aumento de US$ 91 milhões, em conseqüência da alta dos preços do petróleo.

O prejuízo líquido verificado em abril foi de US$ 124 milhões, total que inclui US$ 28 milhões em despesas de reorganização. As despesas da Unidade Principal da empresa tiveram um aumento de 7% com relação a abril do ano passado. Se a alta dos preços dos combustíveis não fosse considerada, essas despesas teriam caído 2%.

A receita da unidade principal de transporte de passageiros aumentou 7% em abril com relação ao mesmo mês do ano passado. Durante o período, a United reduziu sua oferta em 4%.

“Apesar do obstáculo representado pela alta dos preços dos combustíveis, estamos satisfeitos com a redução das despesas não relacionadas ao petróleo, com o aumento da receita e com as melhoras verificadas no fluxo de caixa”, declarou o vice-presidente e principal executivo da empresa na área de finanças, Jake Brace.

FONTE: Aviação Brasil / United Airlines – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP