Varig antiga aprova pagamento de dívida trabalhista

275

A dívida trabalhista da Varig antiga, estimada em cerca de R$ 500 milhões, deve começar a ser amortizada na semana que vem. Ontem, os credores da companhia aprovaram, em assembléia, uma antecipação do resgate de papéis de dívida (debêntures) que deverá render R$ 47,5 milhões aos empregados. Haverá outra emissão, de mesmo valor, para os donos de garantias reais da empresa, principalmente o Aerus, que tem um débito em torno de R$ 3 bilhões.

“Muita gente não enxergou a importância dessa operação, mas esse é o resultado de um ano e meio de trabalho”, afirma o gestor judicial da Varig antiga, Miguel Dau. O resgate das debêntures será realizado pela nova Varig, controlada pela Gol. São duas emissões de R$ 44 milhões, mais juros de R$ 3,5 milhões. No total, o saldo será de R$ 95 milhões. O prazo máximo para essa operação, previsto pelo plano de recuperação judicial da Varig antiga, era de 10 anos.

O próximo passo, após a aprovação da antecipação do resgate das debêntures em assembléia, será a realização de um leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) amanhã. Após essa etapa, o depósito em juízo do dinheiro deverá ser realizado em 48 horas para a Varig antiga, que adotou a marca Flex.

FONTE: Agência Estado – Alberto Komatsu – São Paulo/SP

Publicidade