Abetar comemora redução do ICMS no Querosene da Aviação em Goiás

671

A Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (Abetar) comemorou a decisão do governo de Goiás em reduzir a alíquota do ICMS cobrada sobre o querosene da aviação (QAV), de 15% para 3%.

Para o presidente da Abetar, Apostole Lazaro Chryssafidis, a redução do imposto e a previsão de investimentos de R$ 80 milhões são vitórias importantes para o desenvolvimento do setor, que ganha em competitividade, com a melhoria da infraestrutura aeroportuária e qualificação das empresas aéreas. E traduzem o resultado do trabalho que a entidade tem desenvolvido junto aos Estados.

A medida foi anunciada ontem (30) pelo governador do Estado, Alcides Rodrigues, durante o Seminário: Transporte Aéreo Regional e Logística Integrada ao Turismo – Voe Goiás, que reuniu autoridades do governo, políticos, presidentes de empresas aéreas e empresários da região.

“Hoje as pessoas querem usufruir de um turismo rápido e isso só é possível fazer de avião. Temos muito para comemorar com essa medida fruto dos esforços que temos empenhado com os Estados. O governador Alcides e o presidente Barbosa Neto (Goiás Turismo) podem ter certeza de que as empresas regionais irão responder ao incentivo apresentado. O governo de Goiás dá um exemplo ao país de como se faz política para aviação regional”, disse Lack, que ressalta outras vitórias.

“Depois de conseguir inserir o setor de aviação civil no FGE (Fundo Garantidor de Exportação) esta foi mais uma vitória que a Abetar comemora junto aos seus associados”, conclui o presidente da Abetar.

A resposta das empresas aéreas foi mesmo muito rápida. Também presente ao evento, José Felicio Filho, presidente da Passaredo, anunciou o incremento de dois novos destinos no aeroporto da Goiânia: Rio de Janeiro e Palmas (TO). Segundo Felício, a partir de maio, a empresa que já oferece 12 voos, passará para 20 voos diários.

Para o diretor de marketing e vendas da Trip Linhas Aéreas, Evaristo Mascarenhas de Paula, a iniciativa de Goiás é muito positiva para a população e reforça os interesses da empresa em investir no interior do Estado.

“Hoje a Trip oferece mais de 40 destinos a partir de Goiânia e reconhece o potencial turístico de Goiás. Nossa expectativa é grande, pois temos vontade de expandir nossas rotas para o interior do Estado. Minas Gerais fez um programa como esse e hoje voamos para 11 cidades no Estado“.