Absa Cargo eleva participação no mercado doméstico

656

A Absa Cargo encerrou o primeiro trimestre do ano apresentando um crescimento expressivo em sua participação no mercado doméstico. Ratificando o acerto da companhia em investir nesse segmento, a rota Guarulhos-Manaus-Guarulhos – com apenas um ano de operação – já registra 40% de participação no mercado nacional de carga aérea, superando as expectativas dos executivos da empresa. A meta inicial da companhia era alcançar 30% de participação ao final do primeiro ano de operação.

O sucesso, resultado de uma ocupação em torno de 97%  nos voos, alçou a cargueira brasileira à liderança entre as empresas aéreas que atuam nessa rota e fez com que a ABSA dobrasse, num curto espaço de tempo – sete meses após o lançamento da rota Guarulhos-Manaus-Guarulhos – a oferta de voos semanais, de cinco para dez voos.

Para chegar a estes resultados, a Absa priorizou a eficiência, pontualidade e segurança. Destinou uma aeronave nova, genuinamente cargueira e extremamente eficiente, um Boeing 767-300F com capacidade para transporte de 57 toneladas de carga, para atender os clientes da nova rota e estabeleceu horários fixos e adequados às necessidades dos usuários deste modal na região. O restante da carga transportada para essa região é levada por aviões cargueiros e em porões de aviões de passageiros.

O lançamento da rota Guarulhos-Manaus-Guarulhos, que confirmou o retorno da Absa ao mercado doméstico, foi precedido de um amplo estudo na região que revelou a existência de uma demanda não atendida, em função da falta de regularidade e pontualidade dos operadores de carga que lá atuavam. “Hoje a Absa consegue atender parte dessa demanda que o mercado, a indústria de Manaus e comércio de São Paulo, necessitavam. Estamos com um nível de pontualidade muito próximo a 96% e uma alta ocupação, o que nos permite interpretar que nossa aceitação no mercado é bastante grande”, afirma o gerente regional de Vendas da companhia, Lindelso de Jesus.

A ABSA Cargo Airline, empresa de carga aérea de bandeira brasileira, encerrou o primeiro trimestre do ano apresentando um crescimento expressivo em sua participação no mercado doméstico. Ratificando o acerto da companhia em investir nesse segmento, a rota Guarulhos-Manaus-Guarulhos – com apenas um ano de operação – já registra 40% de participação no mercado nacional de carga aérea, superando as expectativas dos executivos da empresa. A meta inicial da companhia era alcançar 30% de participação ao final do primeiro ano de operação.

O sucesso, resultado de uma ocupação em torno de 97%  nos voos, alçou a cargueira brasileira à liderança entre as empresas aéreas que atuam nessa rota e fez com que a ABSA dobrasse, num curto espaço de tempo – sete meses após o lançamento da rota GRU-MAO-GRU – a oferta de voos semanais, de cinco para dez voos.

Para chegar a estes resultados, a ABSA priorizou a eficiência, pontualidade e segurança. Destinou uma aeronave nova, genuinamente cargueira e extremamente eficiente, um Boeing 767-300F com capacidade para transporte de 57 toneladas de carga, para atender os clientes da nova rota e estabeleceu horários fixos e adequados às necessidades dos usuários deste modal na região. O restante da carga transportada para essa região é levada por aviões cargueiros e em porões de aviões de passageiros.

O lançamento da rota GRU-MAO-GRU, que confirmou o retorno da ABSA ao mercado doméstico, foi precedido de um amplo estudo na região que revelou a existência de uma demanda não atendida, em função da falta de regularidade e pontualidade dos operadores de carga que lá atuavam. “Hoje a ABSA consegue atender parte dessa demanda que o mercado, a indústria de Manaus e comércio de São Paulo, necessitavam. Estamos com um nível de pontualidade muito próximo a 96% e uma alta ocupação, o que nos permite interpretar que nossa aceitação no mercado é bastante grande”, afirma o gerente regional de Vendas da companhia, Lindelso de Jesus.

Publicidade