Acordo cancela greve na TAP

820

A TAP e o Sindicato dos Pilotos chegaram a um acordo que permite o imediato cancelamento da greve marcada para o período de 26 a 31 de março.


Este acordo inclui um aumento salarial de 1,8%, igual ao decidido em relação aos restantes sindicatos da TAP, e a repartição equitativa entre pilotos e a empresa dos ganhos de produtividade.

Fernando Pinto, presidente executivo da TAP, considerou que o bom senso acabou por prevalecer e definiu o acordo como “bom para ambas as partes”.

“Tenho que pedir desculpa a todos os que já sofreram alguns inconvenientes devido ao anúncio da greve, mas garanto que a TAP tudo fará para minimizar esses efeitos e garantir a normalidade da operação neste período da Páscoa”, acrescentou.