Airbus apresenta seu primeiro A321neo ACF

3290
Foto: Airbus

A Airbus concluiu a montagem do primeiro A321neo ACF (Airbus Cabin Flex) em suas instalações em Hamburgo, Alemanha. A aeronave movida a motores CFM Leap-1A passará por testes em terra antes do primeiro voo agendado para as próximas semanas. A primeira entrega de um ACF A321neo para um cliente está programada para meados deste ano.

O A321neo ACF é o mais recente acréscimo à bem-sucedida Família A320. Com a aplicação de modificações na fuselagem, o ACF permite configurações de cabine mais flexíveis para até 240 passageiros. Em comparação com a variante anterior do A321, as modificações mais visíveis são uma nova seção traseira e uma configuração modificada do acesso dos passageiros, na qual a porta localizada na parte da frente da asa foi removida e estão localizadas novas saídas de emergência na seção central. O A321neo ACF é hoje uma opção, e se tornará padrão para todos os A321neo por volta de 2020.

O A321neo ACF é a base para uma variante de longo percurso conhecida como A321LR. O A321LR tem um aumento de MTOW (Peso Máximo na Decolagem) de 97 toneladas, e conta com um terceiro tanque de combustível sob o piso que permite que as companhias aéreas aumentem sua autonomia para 4,000 milhas náuticas para a realização de voos intercontinentais. A primeira entrega de um A321LR está prevista para o 4º trimestre de 2018.

O A321 é o maior membro da família A320. Ele pode acomodar até 240 passageiros, dependendo da configuração da cabine. Incorporando os últimos motores, avanços aerodinâmicos e inovações de cabine, o A321neo oferece uma redução imediata no consumo de combustível de pelo menos 15% por assento, e de 20% até 2020.

Publicidade