Aserca (Venezuela)

1538

A Aeroservicios Caraboco foi fundada no ano de 1991 e começou suas operações no aeroporto de Valência com 2 Cessna 402B e 1 Douglas DC-9-30. No ano de 1993 sua frota já possuía 4 DC-9-30 e operava em duas linhas para o exterior e sete linhas domésticas. Um ano depois a empresa já contava com 6 aeronaves. Em 1995 a ASERCA iniciou fretamentos para as cidades de Aruba, Cartagena, Manaus, Port of Spain, San Domingo e Suriname. No ano de 1996 Aruba tornou-se rota regular internacional para a companhia. No ano de 1998 a ASERCA comprou 70% das ações da Air Aruba. Em 1999 a empresa recebeu 2 Boeing 737-800 que se juntaram a 12 DC-9-31 e 1 MD-90-30.

No ano 2000 chegaram mais 1 MD-90-30 e 2 MD-88. No ano seguinte realizou acordo com a Varig para alcançar as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo em code-share. No mês de setembro a ASERCA viu e acompanhou o processo falimentar da Air Aruba, da qual controlava 70%. Em 2001 passou a ligar Manaus em voos não regulares. Em 2002 a empresa estava operando com 3 Boeing 737-200, 2 DC-9-15 e 10 DC-9-31. Não houve mudanças significativas na empresa em 2003 e 2004, ano no qual fechou com uma frota operacional de 10 DC-9-31. Apesar da concessão de voos para São Paulo e Rio de Janeiro a Aserca nunca operou para os destinos. Em 2010 sua frota estava composta por 13 Douglas DC-9-31, 7 Douglas DC-9-32 e 1 DC-9-82.

Em 2011 reduziu de 13 para 6 os DC-9-31, de 7 para 6 os DC-9-32 e aumentou de 1 para 2 os DC-9-82. No ano seguinte os ajustes continuaram com a devolução gradativa dos DC-9 mais antigos e incorporação de DC-9-82.

Atualmente de Valencia atende as cidades de Barcelona, Porlamar, Puerto Ordaz, Barquisimeto, Las Piedras, Maracaibo, além de Aruba, Curacao e Santo Domingo.

Sua frota é composta por 1 DC-9-31, 5 Mcdonnell Douglas MD-82 e 4 Mcdonnell Douglas MD-83.