Azul cria sistema de pré-venda de excesso de bagagem

8153

Excesso de bagagem é um dos maiores pesadelos de quem viaja, seja a negócios ou em viagens de lazer. Por isso, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras decidiu inovar também neste segmento e está oferecendo um sistema de pré-reserva de bagagem que garante desconto de até 60% em relação ao valor que seria pago no check in já no aeroporto.

O novo sistema funciona da seguinte forma, o cliente, no ato da reserva do bilhete, solicita também uma cota de excesso de bagagem que vai necessitar. Por exemplo, o limite permitido é de 23 quilos por cliente, se a pessoa sabe que a bagagem que vai levar tem 33 quilos, pode solicitar mais 10 quilos extras. Só para dar um exemplo, vai pagar nos voos sem escala de curta distância mais R$ 2 por quilo e não R$ 5 como pagaria sem a pré-reserva. Nos voos mais longos sem escalas, tal como Campinas- Manaus, o quilo da bagagem extra no aeroporto sai por R$ 10, na pré-reserva, R$ 7. O valor pode variar em função de cada rota.

“Temos muitos clientes que vão visitar parentes distantes e querem levar um pouco mais de bagagem ou pessoas que viajam a trabalho e levam material de apoio, instrumentos musicais, ferramentas, sempre acima do limite permitido”, disse Pedro Janot, presidente Executivo da Azul. Para ele, o novo serviço tem o objetivo de tornar a viagem dos clientes da Azul ainda mais fácil.

O sistema de pré-venda de blocos de excesso de bagagem começa a funcionar esta semana e pode ser solicitado pelo call Center (4003 11 18), através do site (www.voeazul.com.br) ou consultando seu agente de viagens. O cálculo é feito em blocos de 5 em 5 quilos, ou seja, é possível reservar 5, 10, 15 e 20 quilos.

Publicidade