Azul voará de Belém para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos

2597

A Azul Linhas Aéreas foi autorizada a voar de Belém para Fort Lauderdale. A companhia está trabalhando num plano de ampliação das operações em Belém, para que os Clientes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste cheguem aos EUA de maneira rápida, com o serviço e o conforto característicos da Azul. Para isso, realizou várias adequações em sua malha aérea.

A companhia já adiantou que incluirá voos diretos de Fortaleza e Cuiabá para Belém em sua malha, com conexão imediata para Fort Lauderdale (Miami). Estes, no entanto, ainda aguardam autorização da Anac para serem comercializados. Atualmente, a Azul opera, em média, 14 decolagens diárias em Belém, para um destino internacional, Caiena, na Guiana Francesa e sete destinos domésticos, entre eles Altamira, Belo Horizonte, Marabá, Macapá, Recife, São Luís e Santarém. Com a ampliação, a companhia passará a uma média de 20 decolagens diárias para dez destinos diretos e três com escala: Teresina, Manaus e Goiânia.

“Agora, os Clientes não precisarão mais ir até São Paulo para embarcar num voo para Miami. Vai ser possível sair de Belém e chegar a Fort Lauderdale em seis horas e meia e a viagem terá um tempo ainda menor do que um voo direto de São Paulo/Miami, por exemplo”, afirma Abhi Shah, vice-presidente de Receitas na Azul.

A partir de agora, os Clientes já podem comprar bilhetes para o trecho em todos os canais de atendimento ao Cliente da Azul (website, aplicativo, Central de Atendimento e agências de viagens). As tarifas custam a partir de dez parcelas sem juros de R$ 175,20* (ida e volta).

Publicidade