Boom Supersonic

3646

O que imaginar quando vemos uma aeronave que tem tudo para ser o sucessor do Concorde? Tudo o que trazemos de informação é fascinante!! A Boom Technology espera ter mais de 1 mil unidades da aeronave voando comercialmente pelo mundo até 2035. A expectativa é de que o Boom Supersonic entre em operação em 2023. O primeiro teste de voo da aeronave está marcada para 2020 e a certificação pelo FAA – Federal Aviation Administration, para 2023.

A empresa diz que voar no Concorde era proibitivo para muitos passageiros, pelas altas tarifas cobradas em função do custo operacional. Com o Boom ela diz ser possível cobrar pouco mais do que os valores de uma classe executiva atual. O preço da aeronave está estimado em US$ 200 milhões de dólares.

Até o momento há 76 opções de compra do Boom Supersonic. Richard Branson, da Virgin Atlantic encomendou 10 aeronaves, uma empresa não divulgada da Europa outras 15, outra empresa não divulgada 26 e a JAL – Japan Airlines, outras 20 aeronaves.

Voando a uma velocidade de Mach 2,2 a Boom afirma ligar New York e Londres em 3h15; Miami e Santiago em 3h48; San Francisco e Tóquio em 5h30; Los Angeles e Sidnei em 6h45.

Boom Supersonic

Passageiros: 55 assentos (todos em classe executiva)
Autonomia Padrão: 8.334km (4.500 milhas náuticas )

Ainda não temos os dados de dimensões da aeronave, mas entende-se que deverá ter 75% do tamanho do Concorde

Comprimento (Length) : , metros
Envergadura das Asas (Wing Span):  metros
Altura (height): metros
Peso Máximo de Decolagem (Max takeoff) : kg
Velocidade Máxima de Cruzeiro: Mach 2,2 (2.335km/h)

Motores: 3 GE General Electric J85-2

 

 

Publicidade