CT da TAM recebe certificação da Transport Canada Civil Aviation

1800

O Centro Tecnológico da TAM, unidade de MRO (Maintenance, Repair and Overhaul), foi certificado pela autoridade aeronáutica do Canadá (Transport Canada Civil Aviation – TCCA) para prestar serviços de manutenção em aeronaves com matrícula naquele país e seus componentes. A autorização permite que TAM amplie sua oferta de serviços de MRO a terceiros e passe a atender novos clientes no mercado.

“Estamos certificados pelas principais autoridades aeronáuticas do mundo e, com essa nova homologação, poderemos oferecer nossos serviços para um leque ainda maior de companhias”, afirma o vice-presidente de Operações e Manutenção da TAM, Ruy Amparo.

A certificação da TCCA é válida para todos os serviços de manutenção da TAM homologados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Dessa forma, estão incluídas na autorização as aeronaves Airbus A318/319/A320/A321 e A330, Boeing 767, ATR-42 e Fokker-100, com matrícula no Canadá, e seus componentes, além de serviços especializados como galvanoplastia, soldagem e tapeçaria, entre outros.

A TAM já está certificada pelas autoridades aeronáuticas dos Estados Unidos (Federal Aviation Administration – FAA), da Europa (European Aviation Safety Agency – EASA), do Brasil (Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC) e de diversos países da América do Sul para realizar todas as grandes manutenções programadas (checks C e D). Também possui a certificação DIRMAB para realizar os checks do Avião Presidencial, o Airbus ACJ (Airbus Corporate Jetliner). Além disso, está homologada para realizar a revisão de mais de 5 mil componentes aeronáuticos. Desde janeiro de 2007, a TAM possui também a certificação IOSA (IATA Operational Safety Audit), o mais completo e aceito atestado internacional em segurança operacional.

Instalado na cidade de São Carlos, no interior do Estado de São Paulo, o Centro Tecnológico da TAM ocupa uma área própria de 4,6 milhões de metros quadrados. Além dos hangares para manutenção, o complexo abriga oficinas para revisão de componentes aeronáuticos, que abrangem desde computadores de navegação até trens de pouso.