Dedalus implanta projeto de monitoramento da infraestrutura de TI na DHL

354

A DHL Global Forwarding escolheu a Dedalus para um projeto de consultoria, visando garantir o melhor funcionamento de sua infraestrutura de TI, composta por 60 servidores e 700 estações de trabalho, com mais de 30 aplicações de software relacionados à sua atividade de negócios.

Entre servidores e ativos de rede foram implementados aproximadamente 60 itens com mais 700 serviços monitorados simultaneamente em tempo real, com a aplicação Nagios, com PNP+RRD Tool para planejamento de capacidade dos servidores e serviços de monitoração de switches e ativos de rede que utilizam protocolo SNMP. Este ambiente funciona sobre sistema operacional Linux Red Hat. Para eficácia do projeto, foram utilizadas as melhores práticas de ITIL e PMI.

O principal problema identificado pela equipe de TI da DHL era a ausência de controle e monitoramento eficiente de toda a rede corporativa. “Não possuíamos método eficaz para detecção de problemas relacionados às atividades e uso dos servidores, links de comunicação, sistemas corporativos, também não contávamos com uma aplicação especialista para a gerência destas atividades na nossa rede”, conta Gustavo Orlandini , Analista de Tecnologia da DHL, que revelou o interesse da companhia em buscar no mercado um apoio profissional para diagnosticar e apresentar uma solução que pudesse atender às expectativas da equipe de TI.

“Queríamos uma consultoria como apoio e ter alguém focado no projeto de instalação e customização de uma ferramenta que esperávamos ser a ideal para os nossos objetivos. A Dedalus foi escolhida porque mostrou técnicos especializados, com cases de sucesso relevantes e também apresentou o melhor projeto”, afirma o executivo.

Ele revela que a empresa utilizava uma ferramenta de monitoramento de difícil gerenciamento e customização e que também era compartilhada com outra divisão da empresa, o que gerava vários inconvenientes. “De fato, não tínhamos gerenciamento eficaz”, confessa. “Com o trabalho da Dedalus, hoje contamos com uma aplicação especializada, gerenciada localmente e que pode ser customizada conforme nossa necessidade. São mais de 700 ativos de TI monitorados e todos os incidentes são comunicados via e-mail para o time de Infraestrutura, além do envio de SMS para os casos críticos e urgentes. Além disso, o Dashboard fica disponível para o service desk e para o time de infraestrutura acompanhar em tempo real nosso ambiente. A partir dos reports da ferramenta, conseguimos criar relatórios de Capacity plan, KPIs, disponibilidade, performance e problemas”.

De acordo com Douglas Nery, gerente de projetos da Dedalus, a DHL tinhadificuldades com a ausência de um sistema de monitoramento que oferecesse dados reais sobre as ocorrências. A tomada de decisão para a resolução dos problemas era tardia ou, em boa parte dos casos, ineficiente. “Hoje, a equipe possui a capacidade de se antecipar aos chamados “gargalos” e garantir o business continuity, elevando a capacidade operacional de uma empresa que não pode ter suas atividades de logística paralisadas devido a problemas que poderiam ser evitados a partir de um sistema de monitoramento”, acrescenta.