Embraer promove E-jets no Bahrein

556

A Embraer participará da segunda edição do Show Aéreo Internacional de Bahrein, realizado de 19 a 21 de janeiro na Base Aérea de Sakhir, no Reino de Bahrein. A Empresa promoverá a linha completa de aeronaves comerciais e exibirá o EMBRAER 175 (E175) na mostra estática.

“O Reino de Bahrein é um mercado muito importante para a Embraer e estamos satisfeitos com a bem-sucedida parceria com a Gulf Air, que opera os E-Jets desde 2010”, declarou Mathieu Duquesnoy, Diretor da Embraer para Oriente Médio e África – Aviação Comercial.

Desde que o Embraer 170 (E170) entrou em operação no Oriente Médio com a Saudi Arabian Airlines, em 2005, a presença da Embraer na região cresceu significativamente. A Empresa recebeu encomendas para 66 E-Jets. Os quatro modelos da família de E-Jets, com capacidade de 70 a 122 passageiros, são as aeronaves mais utilizadas em vôos internos na região do Oriente Médio, sendo operados por dez companhias aéreas para principalmente redimensionar rotas e reduzir a capacidade ociosa de aeronaves narrowbody. Atualmente, um E-Jet decola a cada cinco minutos, atendendo a 150 rotas no Oriente Médio.

Em dezembro de 2011, no Show Aéreo de Dubai, a Embraer nomeou a Kuehne + Nagel para oferecer aos clientes de E-Jets um novo centro de distribuição de peças de reposição em Dubai. Complementando o centro autorizado de serviços da Embraer no Cairo (Egito) e três simuladores de vôo total em Jeddah (Arábia Saudita), Bahrein e Amã (Jordânia), esta nova instalação reforça o suporte ao cliente para a crescente frota de aeronaves comerciais no Oriente Médio e na África.

A família de E-Jets possui mais de 800 aeronaves comerciais em operação, com 60 empresas em 40 países, e mil pedidos.

Publicidade