Emirates SkyCargo registra recordes de carga

461
Foto: Emirates

A Emirates SkyCargo, divisão de carga da Emirates, uma das companhias aéreas que mais rapidamente crescem no mundo, transportou 25 mil toneladas de carga, no ano passado, na crescente rota comercial entre América do Sul e os países de sua rede global.

Com operação em mais de 120 destinos, a Emirates SkyCargo conecta empresas sul-americanas a inúmeras oportunidades de negócios ao redor do mundo. Oportunidades que só aumentam após a companhia ter reforçado seu compromisso com a região, primeiro ao ampliar a frequência dos voos cargueiros que partem de Viracopos (Campinas) para Dubai, em setembro de 2011, e depois com o lançamento, em janeiro deste ano, do serviço Dubai-Rio de Janeiro-Buenos Aires, o único direto do Rio para o Oriente Médio e a rota mais rápida para a Ásia.

Companhias brasileiras e argentinas – assim como um número significante de empresas chilenas e colombianas – foram beneficiadas com o aumento, em setembro de 2011, da terceira frequência semanal entre Viracopos e Dubai, ampliando em 33%, ou 620 toneladas, a capacidade semanal de transporte de carga nessa rota.

Emirates SkyCargo carregou 25 mil toneladas de carga, nos últimos 12 meses, a bordo do Boeing 777F, o mais moderno e tecnologicamente avançado cargueiro em operação, que dá aos clientes mais flexibilidade e confiança.

“A expansão de nossos serviços na região não apenas aumentou os níveis de negócios das empresas sul-americanas com os Emirados Árabes Unidos, mas também com importantes parceiros comerciais como China, Hong Kong, Japão e países europeus”, disse  Ram Menen, vice-presidente sênior de Carga da Emirates SkyCargo, durante a Intermodal.

“O Brasil já é uma potência econômica. Esperamos ajudar o país a se tornar ainda mais forte, contribuindo com o crescimento de suas exportações e importações”, completou Menen. Atualmente, a Emirates SkyCargo pode conectar as empresas sul-americanas a 32 pontos na Europa, 19 no Extremo Oriente e Austrália e outros 22 na África, onde há também um enorme potencial de crescimento.

“Após cinco anos de experiência na América do Sul, temos um forte entendimento do mercado e das necessidades de nossos clientes. Eles se beneficiam de nossa malha aérea em constante expansão e de nossa confiável frota, que se torna mais forte à medida que vamos recebendo as 230 aeronaves encomendadas”, adicionou Menen.

Bens como peças da indústria automotiva, equipamentos de perfuração e produtos perecíveis foram exportados em nossos cargueiros, enquanto as importações feitas por meio de nosso serviço – que opera via Frankfurt na ida e via Dakar na volta – incluem matérias-primas para a indústria farmacêutica, equipamentos médicos, eletrônicos e peças de avião.

Desde que a rota diária para Rio de Janeiro e Buenos Aires começou, em 03 de janeiro deste ano, mais de 1.200 toneladas de carga foram transportadas – produtos farmacêuticos, peças de máquinas e frutas e peixes frescos seguiram para Dubai e países europeus como França, Itália, Alemanha, Portugal e Reino Unido. No Extremo Oriente, Hong Kong e China foram os principais parceiros comerciais. Commodities na outra direção incluem eletrônicos, autopeças e móveis.

Além da capacidade de transporte de carga no Boeing 777-300ER que faz a rota Dubai-Rio de Janeiro-Buenos Aires, a Emirates SkyCargo oferece, desde 2007, espaço nos aviões Boeing 777-300ER que operam a frequência para São Paulo. Durante os últimos 12 meses, mais de 4 mil toneladas de carga foram carregadas.

De acordo com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira, as exportações brasileiras para países árabes totalizaram US$ 15,1 bilhões em 2011, representando um aumento de 20% em relação ao ano anterior. E as exportações apenas para os Emirados Árabes alcançaram US$ 2,2 bilhões, 17% a mais que o período prévio. As importações também registraram crescimento de 43%: US$ 9,9 bilhões. Para 2012, a expectativa de crescimento do comércio entre as duas regiões é de 10% a 15%. Só em janeiro e fevereiro deste ano, as exportações foram 2% superiores às dos mesmos meses do ano passado.

Já as exportações da Argentina para países árabes em 2011, segundo a Câmara de Comércio Argentino-Árabe, foram de US$ 6,1 bilhões, o que representa aumento de 67% em relação a 2010; enquanto as importações totalizaram US$636 milhões, crescimento de 109%.  Exportações para os Emirados Árabes alcançaram US$ 332 milhões e as importações, US$48 milhões.

A SkyCargo é a divisão de cargas da Emirates Airline e serve três destinos na América do Sul: Rio de Janeiro, Buenos Aires e São Paulo. A Emirates opera uma rota de passageiros para São Paulo desde 2007 e um voo cargueiro para Campinas-Viracopos – com escalas em Frankfurt e Dakar – desde outubro de 2010, enquanto o serviço para Rio de Janeiro e Buenos Aires começou em janeiro deste ano.

Refletindo a política global de excelência em todas as áreas de atuação, o alto investimento da SkyCargo em pessoal qualificado, tecnologia da informação, frota moderna e eficiente e serviços em solo fez da companhia uma força significativa na indústria global de transporte aéreo de carga.

No ano fiscal 2010-11, a Emirates SkyCargo transportou 1,8 milhão de toneladas de carga, contribuindo com 17,4% (US$ 2,4 bilhões) da receita total da companhia aérea. Baseado no Aeroporto Internacional de Dubai, o Mega Terminal de Cargas de US$ 327 milhões e 43.600 metros quadrados foi projetado para lidar com 1,2 milhão de toneladas de carga por ano.

A frota da Emirates, com 171 aviões de longo porte, incluindo oito cargueiros (dois Boeing 747-400F, dois 747-400ERF e quatro 777F), é uma das mais jovens nos céus.

Em 2010, a companhia lançou nove rotas, incluindo três serviços cargueiros – para Almaty, Bagram e Viracopos. Em 2011, os novos destinos foram: Basra, Erbil (cargueiro apenas), Genebra, Copenhague, São Petersburgo, Lome (cargueiro apenas) e Bagdá. As novidades deste ano incluem Rio de Janeiro e Buenos Aires (lançadas em 03 de janeiro), Dublin (em 09 de janeiro), Lusaka e Harare (ambos em 1º de fevereiro), Dallas (02 de fevereiro), Seattle (01 março), Ho Chi Minh (04 de junho), Barcelona (03 de julho), Lisboa (09 de julho) e Washington (12 de setembro).

A Emirates SkyCargo serve uma rede global de 123 pontos em 73 países, incluindo 12 destinos exclusivamente – cerca de 50 destes locais contam com o serviço de e-freight.

Para mais informações, visite www.skycargo.com