Fedex traz o Boeing 767-300ERF para a rota brasileira

1502

A Fedex começará a operar com o Boeing 767-300ERF na rota de Memphis para Campinas a partir do próximo dia 26 de março. O Boeing 767 da Fedex é 30% mais econômico que o McDonnell Douglas MD-11F, que vem efetuando a rota até o momento. Isto deve permitir uma redução de 20% em torno dos custos operacionais, permitindo uma rentabilidade maior da companhia, visto que a capacidade de carga é praticamente a mesma.

O voo FDX 42 partirá de Memphis às 5h48m, pousará em Aquadilla, em Porto Rico, às 9h38, de onde decola às 10h38 para Viracopos. No aeroporto paulista seu pouso está previsto para ás 17h.

O retorno para Memphis, direto, é no FDX 41, decolando de Viracopos às 19h10 e chegando no hub da Fedex às 5h05 da manhã.

Estes são os dois primeiros pares de voos com a nova aeronave em rota.

Em 2017 a transportou de e para o Brasil 16.370.562kg de carga e este foi o sexto ano consecutivo de queda no volume de carga da empresa na rota que, desde 2012, vem reduzindo o volume transportado.

A Fedex opera no Brasil desde 1989, quando assumiu o controle e operações da Flying Tigers.

Publicidade