Força Aérea Brasileira tem a intenção de adquirir 28 aviões KC-390

2923

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Embraer anunciaram ontem, 22 de julho, durante coletiva de imprensa no 47º Show Aéreo de Farnborough, na Inglaterra, a intenção de compra futura de 28 aeronaves KC-390 para atender ao planejamento da FAB. O programa de desenvolvimento do novo jato de transporte militar foi assinado entre a FAB e a Embraer em abril de 2009, durante a sétima edição da feira aeronáutica e de defesa Latin America Aero and Defence (LAAD), no Rio de Janeiro.

“A Força Aérea Brasileira é o principal parceiro estratégico da Embraer desde a criação da Empresa em 1969”, afirmou Orlando José Ferreira Neto, Vice Presidente Executivo para o Mercado de Defesa da Embraer. “Este anúncio reforça nossa motivação e o comprometimento em conceber um produto de última geração que deverá superar os requisitos da FAB e as expectativas do mercado.”

O projeto avança conforme planejado e a fase de estudos preliminares foi concluída com sucesso. O primeiro vôo do avião está previsto para 2014 e entrada em serviço para o final de 2015. As campanhas mais importantes de ensaios em túnel de vento, com modelos em escala reduzida, foram concluídas e permitiram congelar a configuração aerodinâmica. A arquitetura estrutural e as tecnologias de sistemas estão já também definidas.

Os estudos mostram que a capacidade de carga do KC-390 deverá superar aquela estabelecida nos requisitos iniciais e chegar a 23,6 toneladas. Um modelo em tamanho real do compartimento de carga foi construído para avaliação do espaço interno e das operações de carga e descarga com carregamentos típicos. Os resultados dessas avaliações têm demonstrado a grande versatilidade da aeronave.

O KC-390 contará com a tecnologia CARP (Computed Air Release Point), integrada ao sistema digital de comandos de vôo (fly-by-wire), o que resultará em maior precisão no lançamento de cargas e menor carga de trabalho para a tripulação. O avião terá ainda moderno sistema aviônico, incluindo dois visores frontais (Head-Up Display – HUD), e sistema completo de autodefesa. O KC-390 será totalmente compatível com a tecnologia de visão noturna (Night Vision Goggles – NVG).

Mais rápido que seus competidores, o jato poderá operar em pistas curtas e semi-preparadas. Dentre as principais missões, será utilizado para transporte de tropas e cargas, incluindo nos ambientes da Antártida e da Amazônia, como avião reabastecedor, para busca e resgate (SAR) e na evacuação médica (Medical Evacuation – MEDEVAC).

Publicidade