Gol anuncia configuração dos Boeing 737 MAX-8

6647

A Gol Linhas Aéreas anunciou a utilização de novas tecnologias de cabine e assentos para configurar a sua frota de novas aeronaves 737 MAX-8 e aeronaves Boeing 737-800 Next Generation (NG), aumentando o número de assentos em 5%, dos atuais 177 para 186 assentos. A nova configuração estará concluída até julho de 2018 e manterá os espaços GOL+Conforto em toda a frota da Companhia, que possuem distância de 34 polegadas de pitch (espaço entre poltronas de 86,3cm) e reclinação do encosto 50% maior, além de classe Gol Premium em todos os voos internacionais.

A Gol possui uma frota única e padronizada de aeronaves Boeing 737, sendo 93 do modelo 800 NG e 28 do modelo 700, fazendo com que a Companhia líder em custo, pontualidade e eficiência operacional no Brasil. Frota única e padronizada é fundamental para operar no modelo de baixo custo (“Low Cost Carrier – LCC”), pois permite a otimização da tripulação e da manutenção, além de possibilitar flexibilidade operacional e alta utilização das aeronaves. Atualmente, a Gol é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo.

Para Celso Ferrer, vice-presidente de planejamento da Gol, “essa nova configuração permitirá que continuemos líderes de conforto no mercado doméstico brasileiro, reforçando nosso compromisso com satisfação dos clientes”. A Gol é a empresa aérea com a maior oferta de assentos na categoria “A” no mercado, de acordo com o padrão de classificação da ANAC. Com essa reconfiguração, o 737-800 NG da GOL reduzirá o custo operacional e terá o mesmo custo por assento comparativamente ao modelo A320neo, considerando as etapas médias atuais da maioria das rotas domésticas e da América do Sul.

“Já o Boeing 737 MAX-8, equipado com tecnologias de última geração, proporciona um desempenho operacional ainda melhor em relação ao modelo A320neo, com significativos 8% a menos de custo por assento”, complementa Celso Ferrer. A Gol tem uma encomenda de 120 aeronaves 737 MAX-8 para entrega até 2028, sendo que 25 delas entre 2018 e 2020. A Companhia tem flexibilidade no seu plano de frota e vai aumentar o número de entregas neste período, reduzindo ainda mais os seus custos operacionais. “A GOL é um parceiro fundamental e de alto valor para a Boeing e estamos comprometidos com o sucesso da transição para o 737 MAX, que será a aeronave líder em eficiência e conforto em sua categoria” segundo Van Rex Gallard, vice presidente de Boeing.

As novas aeronaves começarão a chegar no segundo semestre de 2018 e também estarão configuradas com 186 assentos e espaços Gol+Conforto, além de classe Gol Premium em todos os voos internacionais. As aeronaves possuem autonomia de voo de até 6.500 km (em comparação aos 5.500 km do 737-800 NG), sendo assim, a companhia poderá oferecer voos sem escalas do Brasil para os mercados de Miami, Ft. Lauderdale, Orlando e Cancun, destinos muito populares para os brasileiros.

Publicidade