A Gol Linhas Aéreas anunciou a aceleração da renovação e modernização de frota e a realização de contrato de arrendamento operacional de 11 aeronaves Boeing 737 MAX 8 com a Avolon.

Como resultado dos ganhos operacionais e das atuais condições favoráveis de mercado, a Gol acelerou a transformação da sua frota por meio de arrendamentos operacionais de 11 aeronaves que serão incorporadas à frota a partir do segundo semestre de 2019. A Gol manterá sua disciplina de capacidade e esta decisão mantém a flexibilidade do plano de frota da companhia. O aceleramento desta renovação não irá alterar a capacidade planejada da companhia, uma vez que será realizada simultaneamente com o retorno e ou venda de 737 NGs sob arrendamento operacional e financeiro.

“Adquirimos o 737 MAX para tornar a operação da Gol ainda mais eficiente e oferecer aos nossos passageiros mais voos a bordo de aeronaves novas e ainda mais modernas e seguras. O 737 MAX excede a performance esperada em todos os aspectos”, disse Paulo Kakinoff, Presidente da Gol. “Ficamos muito impressionados com superioridade de eficiência no consumo de combustível e a confiabilidade do MAX. Ao acelerar nosso plano de renovação da frota a esta nova tecnologia, poderemos reduzir ainda mais os custos e abrir novos destinos internacionais para nossos Clientes”.

A Gol começou a operar as aeronaves 737 MAX 8 em julho de 2018, com resultados expressivos. Em comparação com o 737-800 Next Generation (NG) os novos aviões MAX 8 reduziram o consumo de combustível em aproximadamente 15%. Além disso, o maior alcance do o 737 MAX 8 permitiu a Gol diversificar ainda mais a malha aérea e iniciar as operações dos novos voos para a América do Norte. Hoje, a rota Gol Brasília-Orlando é o mais longo voo comercial da história feito em um 737.

“A Gol continua na vanguarda de tornar as viagens aéreas mais acessíveis em toda a América Latina. A Companhia está capitalizando a eficiência inigualável e de longo alcance do MAX para abrir novas rotas com lucratividade e reduzir custos operacionais”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de Vendas Comerciais e Marketing da The Boeing Company. “Estamos honrados pelo fato da Gol ter experimentado as muitas vantagens de voar com o MAX e por ter decidido acelerar as entregas para obter os benefícios em toda a frota”.

Além dos quatro novos destinos internacionais já anunciados – Miami, Orlando, Quito e Cancún – os 737 MAX 8 adicionais permitirão que a Gol lance um novo destino internacional a cada trimestre nos próximos dois anos.

A Gol tem uma encomenda de 135 aeronaves 737 MAX que serão entregues até 2028, sendo que atualmente é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo. O 737 MAX oferece um desempenho excepcional, com menores custos por assento e maior autonomia para alcançar novos destinos. O 737 MAX incorpora os mais recentes motores CFM International LEAP-1B, winglets de tecnologia avançada, Boeing Sky Interior, grandes monitores de cabine de pilotagem e outros recursos para oferecer a mais alta eficiência, confiabilidade e conforto ao passageiro no mercado.