Iberia fará manutenção de componentes aeronáuticos para a Thomas Cook

482

Iberia, AJ Walter Aviatio e a British Airways assinaram um contrato para o fornecimento e reparação de componentes dos 22 Airbus A320 e sete Airbus A330 da Thomas Cook Airlines Reino Unido e Thomas Cook Airlines Escandinávia. O acordo inclui a substituição de componentes de aeronaves  por outros para uso a partir do pool, a reparação, e a consignação ou a transferência de uma série de componentes aviônicos para o uso exclusivo das duas companhias aéreas.

AJ Walter Aviation receberá os elementos aviônico s da Thomas Cook Airlines Reino Unido, bem como de sua homônima escandinávia e os enviará para o conserto na Iberia ou British Airways. A companhia aérea espanhola vai lidar com o reparo dos componentes do A330, enquanto a empresa britânica vai fazr a manutenção das peças do A320. A duração do contrato, que é de exclusividade e do tipo “preço por hora”, será de cinco anos, renovável por mais três. Este é o primeiro contrato de manutenção que envolve conjuntamente a Iberia e a British Airways, que estão terminando agora sua fusão.

A Iberia executará as tarefas de manutenção incluídas no contrato com a Thomas Cook Airlines Thomas Cook Airlines Reino Unido e Escandinávia em suas oficinas da Sucursal de Componentes de Madrid (Subdirección de Componentes de Madrid), que conta com 14.500 m2 e seis linhas de produção. Além de ser homologada para fazer manutenção de componentes das aeronaves Airbus A330, a Sucursal de Componentes da Iberia tem capacidade para reparar componentes da família A320 e A340, B757, B767, B777, CRJ900 e MD80. Entre os clientes da Sucursal de Componentes da  companhia aérea espanhola estão a Air Nostrum, British Airways, Finnair, Meridiana, Onur Air, SAS, Spanair,  Vietnam Airlines e Vueling.

AJ Walter Aviation é uma empresa líder no fornecimento e troca de componentes aviônicos. Sediada no Reino Unido, emprega 200 pessoas em todo o mundo para atender 700 companhias aéreas clientes de em 100 países.

A Divisão de Manutenção da British Airways tem 80 anos de experiência em manutenção e reparação de suas próprias aeronaves e as de outros clientes. Suas oficinas de ciomponentes aviônicos, que se extendem por 132 mil metros quadrados no sul do País de Gales, tem 245 empregados para a manutenção dos componentes elétricos, eletrônicos e eletro-mecânicos, bem de sistemas de entrenimento a bordo.