Renovação da frota aumentará a capacidade de operação da Pluna em 40%

437

A companhia área uruguaia, Pluna, anunciou nesta semana a chegada de duas das três novas aeronaves Bombardier CRJ900 NextGen que a companhia adquiriu da fabricante canadense. A aquisição marca a nova fase de expansão de Pluna que vai aumentar em 40% a sua operação e agregar novas frequências de voos e destinos. O Brasil é um dos principais focos de atuação da empresa.

“Nos últimos três anos, iniciamos o plano de transformar a capital uruguaia de Montevidéu em hub regional com a concentração e a distribuição de voos às principais cidades da região. Até 2007, transportávamos 300 mil passageiros por ano, número que alcança hoje mais de 700 mil passageiros. Já os destinos saltaram de 5 para 13 cidades”, afirma o CEO da Pluna, Matias Campiani.

Os novos aviões Bombardier CRJ900 NextGen possuem, assim como as aeronaves atuais, capacidade para até 90 lugares. O primeiro dos novos aviões foi apresentado na última terça-feira (28) em Montevidéu com a presença do vice-presidente do Uruguai, Ministro de Transporte e Ministro de Turismo. A segunda aeronave chega hoje à capital uruguaia, e a terceira está prevista para novembro. No total, serão dez aeronaves novas adquiridas num período de três anos. Este último investimento foi realizado em parte com o financiamento do Banco de Desenvolvimento do Canadá e em parte com os capitais próprios da empresa.

A ampliação da frota resultará imediatamente em um aumento da frequência de destinos no Brasil, duplicando os voos para o Rio de Janeiro, reforçando a temporada de verão em Florianópolis – quando há alta demanda de voos – e aumentando os destinos para São Paulo (3 voos diários), Foz do Iguaçu (3 por semana) e Curitiba (diário). A companhia disponibilizará também dois voos diários para Assunção, no Paraguai, e se prepara para a temporada de verão, quando os voos aumentarão para Punta del Este e em toda a região do Rio da Prata.

Hoje a Pluna oferece as melhores opções de preços na região para voos de conexão no novo aeroporto internacional de Carrasco, localizado na capital uruguaia. Além de concentrar 50% dos voos desse aeroporto, 30% do total de passageiros da Pluna fazem conexão em Montevidéu.

A Pluna SA investiu em dois anos e meio, mais de 250 milhões de dólares em dez aeronaves. Com esta aquisição, a Pluna, transforma-se na companhia aérea com a frota mais moderna da América, já que todas suas aeronaves são posteriores a março de 2008.

Publicidade