Sorriso recebe voo inaugural da Azul

1751

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras inaugurou esta semana suas operações em Sorriso, quinta base da companhia no Mato Grosso. O primeiro voo pousou na cidade na tarde da últikma segunda-feira (20/06), proveniente de Cuiabá, e foi recebido com o tradicional batismo sob jatos d’água do Corpo de Bombeiros. A rota entre Sorriso e a capital do estado será cumprida diariamente com o ATR 72-600, de 70 assentos.

A cidade de Sorriso está localizada na região norte de Mato Grosso. Com aproximadamente 80 mil habitantes – população constituída por pessoas de todo o país, mas, sobretudo, Sul e Nordeste –, está entre os dez maiores municípios do estado.

A economia local ganha força no agronegócio, com amplas áreas de cultivo de diversas culturas ao longo de todo o ano – este aspecto deve nortear a operação da Azul em Sorriso. Em relação a turismo, estão entre pontos a serem visitados o Salto Magessi do Rio Teles Pires e diversas cachoeiras na região próprias para banhistas.

“Estamos muito contentes com a inauguração dos voos em Sorriso. A partir de hoje conectamos ainda mais o interior do Mato Grosso a todo o Brasil, o que auxiliará a região no que diz respeito, sobretudo, ao agronegócio, ponto forte da economia local. Apostamos no sucesso destas operações, que evidenciam nossa atenção constante com a aviação regional”, celebra Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

Os voos terão duração de pouco mais de uma hora. Em Cuiabá, os Clientes terão conexões imediatas para São Paulo (Campinas e Guarulhos), Sinop, Rondonópolis e Brasília, além de Porto Velho, Alta Floresta, Vilhena, Belo Horizonte, Goiânia e Londrina. Em Campinas e Belo Horizonte, os viajantes podem chegar aos demais destinos servidos pela Azul no Brasil e no exterior, uma vez que estas cidades são os principais centros de distribuição de voos da companhia.

Com a estreia em Sorriso, a Azul estende sua liderança no Mato Grosso, tanto em número de voos diários (aproximadamente 30) como em destinos servidos (Cuiabá, Alta Floresta, Sinop e Rondonópolis). A capital do estado, por sua vez, passa a ter ligações para 16 cidades.