TAM avança em seu processo de reestruturação organizacional

532

A TAM concluiu mais uma etapa em seu processo de reestruturação organizacional, demonstrando seu comprometimento com o aprimoramento da governança e com a criação de uma grande corporação de multinegócios ligados à aviação.

Ricardo Froes chega à empresa como o novo vice-presidente de Finanças, Gestão e TI, reportando-se ao presidente, Líbano Barroso, que vinha acumulando interinamente esse cargo desde que assumiu a Presidência, em outubro de 2009. Antes de ingressar na TAM, Froes foi Diretor Financeiro da Solvi Participações, tendo sob sua responsabilidade as áreas de Tesouraria, Financiamento de Projetos, Seguros, Planejamento e Jurídico-Estratégico. Na CCR – Companhia de Concessões Rodoviárias, onde também exerceu o cargo de Diretor Financeiro, foi responsável pela área de Relações com Investidores, além de Tesouraria, Financiamento de Projetos e Seguros. Economista graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui MBA em Finanças pelo IBMEC.

Outro passo na definição precisa das funções corporativas foi dado com a criação da Vice-Presidência de Suprimentos e Contratos. Quem assume é José Zaidan Maluf, que ingressou na TAM em 1995 e desde 2000 respondia pela Diretoria de Contratos Internacionais. Com mais de 30 anos de experiência no setor aeronáutico e de aeroportos, Maluf é graduado em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia Mauá-Brasil e possui MBA pelo IBMEC.

Além disso, em fevereiro, foi restaurada a Vice-Presidência de Gestão de Pessoas e Conhecimento, alinhada com o foco da empresa nos princípios do Espírito de Servir e da Paixão pela Aviação. Claudio Costa, que traz na bagagem 20 anos de experiência em Recursos Humanos, foi contratado como o VP dessa área. Egresso do Hay Group, onde era diretor de uma unidade de negócios, conduziu projetos estratégicos de desenvolvimento organizacional em empresas como Petrobras, Cielo, Vallourec & Mannesmann, Vale e SHV Gás Brasil. Teve também passagens por Accenture, Grupo Fiat e Bank Boston. Formado em Administração de Empresas pela FAAP, em São Paulo, possui MBA de Gestão Empresarial pela PUC-Minas.

“A nova estrutura mostra nossa obsessão pelo fortalecimento de uma cultura de alta performance. Acreditamos que cultura se faz com exemplos, processos e, principalmente, foco em pessoas”, diz Líbano Barroso, presidente da TAM Linhas Aéreas.

O aperfeiçoamento da governança no grupo, com a divisão de responsabilidades entre o desenvolvimento de novos negócios e as operações aéreas, foi anunciado em 31 de março deste ano, com a indicação do executivo Marco Antonio Bologna para a Presidência da holding TAM S.A., com responsabilidade sobre o desenvolvimento dos negócios adjacentes do grupo e o seu relacionamento institucional. Líbano Barroso segue presidente da TAM Linhas Aéreas, no comando das operações aéreas (passageiros e carga), que compreendem TAM Linhas Aéreas, TAM Airlines (Mercosur), Pantanal Linhas Aéreas e TAM Viagens. Ele continuará ocupando o cargo de diretor de Relações com Investidores da TAM S/A.

Em eleição no dia 30 de abril, o Conselho de Administração da TAM S/A homologou a indicação de Bologna para a presidência da holding.

Publicidade