TAM emite comunicado sobre decisão da Suprema Corte de Justiça do Chile

424
Foto: Enos Moura Filho

LAN e TAM informam que a Suprema Corte de Justiça do Chile confirmou hoje a autorização concedida em 21 de setembro de 2011 pelo Tribunal de Livre Concorrência do Chile (TLDC) à fusão, bem como as medidas de mitigação impostas à transação. O tribunal recusou os recursos apresentados por LAN e TAM em relação a três das quatorze medidas  que foram consideradas ilegais e inconstitucionais pelas empresas. Como anunciado anteriormente, as companhias continuam trabalhando em seu processo de fusão.

Publicidade