TAM entra na Star Alliance e recoloca a bandeira brasileira nas alianças globais

1767

A TAM Linhas Aéreas integrou-se à rede Star Alliance, rede de 27 companhias aéreas internacionais que oferece mais de 21.050 partidas diárias para 1.167 destinos em 181 países.

“Com a TAM Linhas Aéreas, ganhamos uma companhia aérea baseada na América do Sul, um importante mercado para a aviação e lar de muitas economias que vêm apresentando crescimento. Combinar a malha aérea da TAM com as de

nossas companhias parceiras permitirá à Star Alliance oferecer um produto muito competitivo de, para e dentro desta região,” diz Jaan Albrecht, CEO da Star Alliance.

A entrada da TAM conclui um processo que iniciou-se originalmente em 2006, com as primeiras negociações informais.

“Depois do anúncio oficial de nossa adesão à aliança em outubro de 2008, começamos a alinhar nossos processos operacionais, o que envolveu o corpo funcional da TAM em todos os níveis, assim como o de todas as demais parceiras. Foi um grande aprendizado e um passo fundamental rumo à nossa expansão global”, explica Paulo Castello Branco, Vice-Presidente Comercial e de Planejamento da TAM Linhas Aéreas.

Os clientes TAM Fidelidade agora podem acumular e resgatar pontos em voos operados por qualquer companhia aérea membro da Star Alliance. Da mesma forma, os clientes dos programas de fidelização (FFPs) das outras companhias

parceiras poderão acumular pontos sempre que voarem pela TAM e poderão resgatar pontos na rede TAM. Com a sua entrada na Star Alliance, a TAM Linhas Aéreas iniciará 16 novos acordos de FFP (Frequent Flyer Program), ampliando os benefícios já oferecidos aos clientes do programa TAM Fidelidade. As parcerias abrangem as seguintes companhias membro da maior aliança global de aviação: Adria Airways, Air China, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Blue1, Croatia Airlines, EGYPTAIR, LOT Polish Airlines, Scandinavian Airlines, Shangai Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, Spanair, THAI e Turkish Airlines. A TAM já possuia acordos de FFP com Lufthansa, United, TAP Portugal, US Airways, Air Canada, Brussels Airlines, Austrian, bmi, Continental Airlines e SWISS, todas da Star Alliance. Mantém acordo de FFP também com a LAN, totalizando

27 parcerias internacionais.

Clientes que viajam a negócios têm sido há muito tempo um grupo alvo da rede Star Alliance. Através da TAM Linhas Aéreas, nossa oferta ao vasto mercado corporativo do Brasil – a maior economia da América do Sul – ganhou mais valor.

Como explica Christopher Korenke, Vice-Diretor Comercial da Star Alliance: “Com a TAM Linhas Aéreas, agora temos um produto bastante abrangente no mercado local e expandimos nosso alcance para atender àqueles que precisam viajar

para o Brasil e para a América do Sul. Este é um importante ponto determinante de vendas quando lidamos com grandes clientes corporativos no Brasil”.

Adicionalmente, os voos operados pela TAM Linhas Aéreas serão incluídos tanto no Star Alliance Conventions Plus como no Meetings Plus, fortalecendo, assim, a proposta de valor desses produtos. Os organizadores de convenções e eventos

baseados na América do Sul podem usar a extensa rede Star Alliance para atender a seus requisitos de viagem. Além disso, organizadores baseados em outras partes do planeta podem agora utilizar a Star Alliance para oferecer transporte

aos participantes provenientes de muitos novos destinos na América do Sul.

Passageiros que viajam a passeio também se beneficiarão com a entrada da TAM na Star Alliance. O popular produto RTW (Round the World Fare – Tarifa ao Redor do Mundo) agora oferece várias novas combinações de viagens pelo território

brasileiro e sul-americano, assim como mais voos entre o Brasil e a Europa, e entre o Brasil e os Estados Unidos. Para completar, a TAM estará vendendo “Airpasses” na América do Norte e na Europa, permitindo que os clientes comprem

viagens aéreas dentro da rede Star Alliance nessas regiões, que trarão grande valor a um preço mais compatível, complementando um trecho de longa distância a partir do Brasil.

Paralelamente a entrada na Star Alliance, a TAM recebeu duas novas aeronaves A330 diretamente da fábrica da Airbus em Toulouse (França), destinadas a voos internacionais de longo curso e configuradas com 223 assentos para passageiros – 4 na Primeira Classe, 36 na Executiva e 183 na Econômica. A entrega do segundo avião pela fabricante europeia está prevista para o início de junho.

A incorporação dessas duas aeronaves permitirá à TAM aumentar sua oferta no mercado internacional e elevará a frota da companhia para 137 aeronaves, sendo 130 modelos da Airbus (24 A319, 81 A320, 5 A321, 18 A330 e 2 A340) e 7 da

Boeing (4 B777-300ER e 3 B767-300).

Numa primeira etapa, os dois aviões vão operar voos fretados para a África do Sul e depois serão utilizados em voos extras para Orlando (EUA) para atender o aumento da demanda na alta temporada. A partir de agosto serão integrados à

malha aérea da TAM para operar dois novos voos regulares para a Europa, partindo do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) com destino a Frankfurt (Alemanha) e Londres (Inglaterra).