TAM tem operação especial para as festas de fim de ano e férias

536

De 1º de dezembro a 31 de janeiro, será colocada em ação uma operação especialmente montada pela TAM Linhas Aéreas para o período de festas de fim de ano e férias, principalmente nas duas últimas semanas do ano, quando cresce o número de viagens em todo o país. Trata-se de uma série de medidas para atender à demanda aquecida e facilitar a orientação dos passageiros. Com ela, os clientes continuarão a ter conforto e segurança em seus voos até mesmo nos horários de maior movimento nos aeroportos.

Equipes extras de tripulantes técnicos e de cabine serão mobilizadas para o atendimento especial no período. Além das equipes já escaladas para a operação regular, profissionais estarão disponíveis para qualquer eventualidade nas operações. A TAM também ampliará o pessoal de check-in, check-out, embarque, comercial, cargas, manutenção, lojas e supervisão nos principais aeroportos do país. Em casos de contingência operacional, e para suprir as necessidades de voo no período, cinco aeronaves reserva estarão posicionadas em tempo integral em aeroportos estratégicos (hubs de Guarulhos e Congonhas, em São Paulo e Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro) para eventuais necessidades.

“Prevemos um movimento intenso, mas com muita eficiência. Estamos prontos para oferecer aos passageiros conforto, tranquilidade e segurança durante os seus voos de fim de ano”, afirma o presidente da TAM Linhas Aéreas, Líbano Barroso.

Atualmente, a TAM tem mais de 8 mil tripulantes, tendo contratado cerca de 950 aeronautas (entre pilotos, copilotos e comissários) de janeiro a agosto. Até o final de 2010, serão mais 350 tripulantes, fechando o ano com um total de 1300 contratações nessa área. A equipe de terra também foi reforçada neste ano, com mais de 700 novos funcionários. Os números demonstram que a companhia tem se preparado para o aumento da demanda de passageiros, que já registrou crescimento de 25% no mercado doméstico nos primeiros 10 meses do ano, conforme dados divulgados pela ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.

Publicidade