A companhia aérea Virgin Atlantic está introduzindo uma tecnologia de treinamento inovadora – como parte de uma colaboração de inovação com a SITA, provedora de soluções de TI de liderança global – que permite à tripulação de cabine da linha aérea usar realidade aumentada para se familiarizar com novas aeronaves.

Usando um aplicativo IOs, a tripulação utiliza realidade aumentada para percorrer e se familiarizar com o design da aeronove Boeing 787 Dreamliner da Virgin Atlantic sem sequer visitar o aeroporto ou entrar no avião. Para complementar o treinamento existente em sala de aula, este aplicativo permite que os membros da equipe vejam a cabine projetada como um portal na frente deles e são capazes de “entrar” na cabine. O aplicativo RA simula a visão em tamanho real da cabine interna, dando à equipe a sensação de seu novo ambiente de trabalho, incluindo uma percepção espacial precisa. Isto permite que a companhia aérea treine a tripulação em novas aeronaves de forma divertida e envolvente a partir da sede da companhia aérea em Crawley, Londres.

A realidade aumentada apresenta vários casos de uso interessantes no setor de transporte aéreo, que vão desde vendas, treinamento, operações e aprimoramento até a experiência do passageiro. O SITA Lab, braço de pesquisa estratégica de tecnologia da SITA, e a Virgin Atlantic se uniram para identificar e testar alguns dos casos de uso mais promissores, começando com o aplicativo de treinamento de tripulantes.

Don Langford, Diretor de TI da Virgin Atlantic, disse: “Hoje a inovação é a alma de uma companhia aérea moderna. Novas tecnologias, como a realidade aumentada, prometem administrar melhor as operações de nossas companhias aéreas, ao mesmo tempo em que proporcionam uma experiência enriquecedora aos nossos passageiros cada vez mais interessados em tecnologia. A SITA tem sido parceira na exploração das fronteiras da tecnologia e esta aplicação de AR não é exceção ”.

Gustavo Pina, chefe do SITA Lab, disse: “O SITA Lab identificou a realidade aumentada como uma das tecnologias emergentes que beneficiarão o transporte aéreo nos próximos anos. Trabalhar com companhias aéreas pioneiras como a Virgin Atlantic possibilita que o SITA Lab realmente explore o potencial da realidade aumentada e avalie seus benefícios comerciais. Este projeto é um passo vital nessa jornada de exploração ”.

Na última década, a SITA e a Virgin Atlantic trabalharam juntas para impulsionar a inovação em tecnologia. Em 2013, as duas empresas se uniram para desenvolver a premiada tecnologia Google Glass e Sony Smartwatch, permitindo que a equipe de concierge da Virgin Atlantic, na ala de primeira classe da companhia aérea, oferecesse o atendimento mais personalizado e de alta tecnologia do setor.

Publicidade