Airbus divulga cidades onde o A380 visitará

153

O mais novo e maior avião comercial do mundo, o Airbus A380, vai visitar Frankfurt, Alemanha, para testes de compatibilidade de aeroporto no fim do mês. Na primeira quinzena de novembro, o avião voará para Cingapura, Kuala Lumpur, Sidney, Melburne e Brisbane. Ele será ainda apresentado na exposição aeronáutica de Dubai na segunda metade de novembro.

As visitas, que marcarão a primeira vez em que o A380 será mostrado fora da Europa, darão oportunidade aos clientes de verem o avião, e os aeroportos terão a chance de verificar seu estágio de preparação para os serviços comerciais.

Os testes em Frankfurt incluem o táxi nas pistas, encostar no terminal e checar passageiros para as pontes de embarque. Os testes demonstrarão ainda a facilidade de acesso para os veículos de serviço, como caminhões de serviço de bordo, levantadores de carga, equipamentos de combustível e de água, tanto individualmente como posicionados em conjunto.

O A380, desta viagem é o MSN 001, o primeiro a voar e um dos cinco que tomam parte na campanha de vôos de ensaios. Sua cabine de passageiros está repleta de instrumentos de testes de medição e tanques de lastro que podem transportar água para simular a carga útil total de passageiros e de cargas.

O A380 já executou mais de 100 vôos e mais de 350 horas de vôo até hoje, num extenso programa de testes, que já demonstrou ser o projeto maduro e viável, e que o avião está a caminho de ser entregue de acordo com o prometido.

Entre as promessas a serem cumpridas estão os custos operacionais por assento de 15 a 20% mais baixos, poltronas mais largas na classe econômica, bom convívio com o meio ambiente devido às pequenas emissões de gases e ruído 50% menor que o do maior avião hoje existente.

A família Airbus A380 (A380 e A380 F) já obteve boa aceitação por parte de grandes empresas, com 16 clientes já tendo encomendado 159 unidades até hoje. A Singapore Airlines será a primeira empresa a recebê-lo no final de 2006, e será seguida da Qantas Airways e Emirates em 2007.

Projetado para usar os aeroportos existentes, o A380 necessita de menos pista para pousar e decolar que o maior avião hoje existente. Apesar de ser mais pesado, o A380 divide o peso por maior número de rodas, provocando assim menor impacto nas pistas de pouso. Em atendimento à recomendação dos aeroportos, o comprimento e a envergadura do A380 foram limitados a menos de 80 metros, tornando mais fácil sua integração nas instalações existentes.

A Airbus tem a maior e mais moderna família de aviões do mundo, oferecendo às empresas uma variedade de aeronaves em termos de tamanho e alcance, satisfazendo todas as necessidades existentes, com a Família A320 em vôos médios e curtos, para vôos ponto a ponto com os A330/A340 e A350 e para vôos longos entre grandes centros de tráfego com o A380.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP