BRA é autorizada pela ANAC a operar voos charter e fretamentos

255

Para seu presidente, Danilo Amaral, o retorno da BRA exclusivamente aos voos não-regulares, (que vinha sendo amplamente divulgado pela companhia) recoloca a BRA no seu nicho original de negócios. “Nossa empresa se consagrou no passado como a maior companhia de fretamento da América do Sul e estamos certos que sua expertise e capacitação, amplamente reconhecidas em voos não-regulares, podem contribuir positivamente para o desenvolvimento do mercado de aviação do Brasil e América do Sul”, afirma o presidente da BRA. Entre seus clientes, Danilo Amaral cita, como exemplo, os clubes de futebol: “Hoje um avião da BRA está no Uruguai, a serviço do Palmeiras, que disputa a partida decisiva com o Nacional”, declara.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP